10 ago 2006 - 14h23

Movimento quer a volta das bandeiras em Curitiba

Um movimento formado por torcedores dos clubes de Curitiba pretende fazer com que as autoridades voltem a liberar as bandeiras com mastros nos estádios de futebol da capital. Desde o ano 2000, uma resolução interna da Secretaria de Segurança Pública vetou a entrada das bandeiras com mastro nos estádios. Passados seis anos, a causa não foi novamente rediscutida, apesar de não ter havido mais incidentes graves nas praças esportivas de Curitiba.

Para tentar modificar esse quadro, foi criado o movimento “Retorno das Bandeiras”. Os membros estão fazendo um abaixo-assinado eletrônico para a divulgação via internet, angariando simpatizantes da causa. Os interessados em participar do movimento devem mandar um e-mail com o nome completo e RG ou CPF para o endereço retornodasbandeiras@yahoo.com.br.

De acordo com os membros do movimento, o objetivo do abaixo-assinado é “propor às autoridades envolvidas com a segurança pública e os eventos ligados ao futebol paranaense que liberem nos estádios de futebol de Curitiba a entrada de torcedores portando bandeiras (com mastro) relacionadas ao seu time. Historicamente, a utilização de bandeiras nos jogos de futebol é uma parte do espetáculo que colabora com a festa promovidas pelas torcidas em prol de seus times”.

Kyocera Arena

Apesar de oficialmente as bandeiras com mastro estarem proibidas nos estádios de Curitiba desde o ano 2000, o Atlético proibiu a entrada desse acessório a partir de 1999, com a inauguração da Arena da Baixada. A justificativa do clube é que as bandeiras atrapalham a visão dos proprietários de camarotes do estádio, além da questão da segurança, que acabou proibindo as bandeiras com mastros grandes em qualquer praça esportiva de Curitiba.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…