20 ago 2006 - 21h00

Michel e Marcos Aurélio são elogiados por Vadão

O lateral-esquerda Michel e o atacante Marcos Aurélio entraram no segundo tempo do jogo contra o Figueirense, neste domingo, e tiveram boas atuações. Com isso, o técnico Vadão ganhou novas opções para escalar o time titular do Atlético. Marcos Aurélio, que havia estreado contra o Corinthians, entrou no intervalo no lugar do lateral-esquerda Ivan. Participativo, ele deu dois chutes a gol e sofreu um pênalti de Chicão não marcado pela arbitragem. Aos 43 do segundo tempo, ele marcou o terceiro gol atleticano, empatando o jogo por 3 a 3.

Já Michel entrou aos 39 minutos do segundo tempo no lugar do zagueiro César. Mesmo atuando por apenas dez minutos, Michel também apareceu bastante no jogo. Com um minuto em campo, ele se envolveu em uma disputa com Carlos Alberto e acabou levando um cartão amarelo. Foi criticado pelos próprios jogadores do Atlético, como o volante Marcelo Silva, e pediu desculpas ao adversário.

Depois desse lance, sempre que Michel tocou na bola foi vaiado pela torcida do Figueirense. Mesmo sob pressão, foi dele a jogada do terceiro gol. Com um belo lançamento, deixou Marcos Aurélio na cara do goleiro Andrey.

Elogios

O técnico Vadão fez elogios públicos aos dois jogadores. Sobre Marcos Aurélio, repetiu a história de que já havia indicado o jogador à diretoria da Ponte Preta na época em que trabalhava em Campinas. Naquela oportunidade, o Atlético foi mais rápido e contratou o atacante do Bragantino.

Vadão também elogiou Michel. Disse que a jogada do gol foi um lance característico do lateral, que pega muito bem na bola. Além disso, revelou que Michel foi orientado por ele para cobrar eventuais faltas, pois Fabrício já estava cansado no final do jogo.

Apesar dos comentários, Oswaldo Alvarez não quis adiantar a escalação de Michel como titular no lugar do contestado Ivan. Porém, é muito provável que Michel faça seu primeiro jogo como titular daqui a três dias, na Kyocera Arena.



Últimas Notícias