26 ago 2006 - 20h43

Sem camisa e chuteiras, Montoya quase estreou

Uma cena inusitada aconteceu nos minutos finais da partida entre Fluminense e Atlético, neste sábado, no Maracanã. Aos 36 minutos do 2º tempo, o goleiro Cléber machucou o tornozelo e precisou do atendimento do Departamento Médico do Atlético. O árbitro capixaba Wallace Nascimento Valente chegou a pedir a entrada da maca em campo, sinalizando que o goleiro não teria mais condições de continuar no jogo.

Neste momento, a transmissão do canal Premiere Esportes mostrou o goleiro reserva Navarro Montoya correndo para o banco de reservas para vestir as chuteiras e luvas para poder entrar em campo. Outro fato inusitado é que o goleiro colombiano sequer estava com a camisa número 12 – ele usava a camisa de treinos do Atlético.

A partida ficou paralisada por cerca de três minutos, quando Cléber se recuperou e conseguiu continuar em campo, mesmo com dores no tornozelo – prorrogando a estréia de Montoya com a camisa Rubro-negra. O árbitro considerou que Cléber retardou o reinício do jogo e aplicou cartão amarelo ao goleiro (o terceiro dele neste Brasileiro). Assim, Cléber não poderá atuar contra o Santos, na quarta-feira, na Kyocera Arena. Tiago Cardoso e Navarro Montoya disputam a posição de titular para esta partida.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…