8 set 2006 - 11h04

Manchetes atleticanas desta sexta-feira

Base perde espaço no Atlético de Vadão
A mesma partida também marcou a despedida de outros dois jogadores com raízes no CT do Caju: Alex e Evandro. Os dois saíram por motivos de lesão, mas o sinal do desprestígio dos dois está no fato de que não foram nem inscritos para a Copa Sul-Americana.

 

Vitória no clássico abre as portas da América
Se carimbar a vaga no clássico de volta, quarta-feira que vem, na Baixada, o Atlético pega o River Plate na próxima fase. O primeiro jogo acontece no Monumental de Nuñez, no dia 27 de setembro, e o segundo em Curitiba, em 11 de outubro. A vitória por 3 x 1 no Pinheirão, deixa o Furacão em situação extremamente confortável – pode até perder por 2 x 0 que garante a vaga. Além disso, o Atlético nunca foi derrotado pelo Tricolor em casa desde a remodelação do Joaquim Américo, em 1999.

 

Vadão diz que Furacão ainda não garantiu vaga na Sul-Americana
O técnico do Atlético–PR, Osvaldo Alvarez, o Vadão, comemorou a vantagem de dois gols de diferença conseguida com a vitória (3 a 1) sobre o Paraná, na quarta-feira, pela Copa Sul-Americana. O treinador, no entanto, fez questão de resaltar que a classificação à próxima fase da competição ainda está longe de estar assegurada.

 

Vitória sobre rival recupera o ânimo do Atlético
O técnico Oswaldo Alvarez ficou satisfeito com o Furacão após a vitória por 3 a 1 sobre o Paraná Clube, pela Copa Sul-Americana. Com os gols marcados fora, a equipe conseguiu uma importante vantagem para a segunda partida. Mas o principal foi a recuperação após a goleada sofrida diante do Botafogo na última rodada do Brasileirão.

 


Últimas Notícias