11 set 2006 - 9h15

Vadão explicou a situação de Dagoberto e Oldoni

Quando foi divulgada a lista com os 25 nomes de jogadores do Atlético inscritos na Copa Sul-Americana, a presença de dois nomes chamou a atenção: os atacantes Dagoberto e Pedro Oldoni. Na entrevista coletiva de ontem, após a derrota para o Internacional, o técnico Oswaldo Alvarez explicou a situação dos dois atletas, que há tempos não jogam uma partida com a camisa Rubro-negra.

“O Dagoberto tem aquele problema judicial com o Atlético. Estamos tentando solucionar da melhor maneira para todo mundo. Já o Pedro Oldoni não, ele está inscrito (na Sul-Americana) e pode entrar a qualquer momento”, disse Vadão, dando mostras que Dagoberto só voltará a vestir a camisa do clube após resolver sua questão jurídica com o Furacão.

Dagoberto não atua numa partida oficial desde o dia 13 de agosto, na derrota por 2 a 0 para o Grêmio. Depois disso, o jogador foi cortado da partida contra a Ponte Preta, sob a alegação de que o clube aguardava uma solução para o caso, que poderia ser apresentada pelos irmãos Malaquias, assessores de Dagoberto. "Em um consenso, entendemos que seria melhor que ele não participasse do jogo até que eles nos trouxessem uma solução viável que atendesse ao interesse de todos”, afirmou na oportunidade o diretor desportivo do Atlético, Marcos Teixeira. De lá para cá, Dagoberto não foi mais relacionado para nenhuma partida do Furacão.

Já Pedro Oldoni está há mais tempo afastado dos gramados: desde o dia 16 de julho, na derrota por 2 a 1 para o Paraná Clube, ainda sob o comando do técnico Givanildo Oliveira. Recentemente, o técnico Oswaldo Alvarez afirmou que o jogador iria treinar em separado, para aprimorar alguns fundamentos básicos.



Últimas Notícias