20 set 2006 - 23h07

William cobra mais força na marcação

O meia William foi o herói do Atlético nas duas últimas partidas. Ele marcou gols decisivos na vitória sobre o Santa Cruz por 2 a 1 e no empate por 2 a 2 contra o Goiás. Porém, isso não foi suficiente para ele comemorar. Com os pés no chão, William disse que ainda está longe da forma física ideal e que o Atlético não tem conseguido repetir as boas atuações do passado. Na avaliação do meia, o principal defeito do Rubro-Negro tem sido na marcação.

"Como o Vadão falou, a atitude nossa não está sendo aquela que devemos empregar. Nós temos de ter uma marcação mais forte, estamos deixando a desejar e nós sabemos bem disso. Tanto é que no vestiário nós gritamos um com o outro e cobramos isso. Mas graças a Deus a equipe teve essa força de superação e conseguimos esses dois gols de empate", comentou o jogador. "A apatia do nosso time está muito grande, não é aquela marcação que nós sabemos que podemos fazer. Nós temos que ter uma pegada forte e não estamos conseguindo empregar isso nos últimos jogos", completou ele.

William não quer ser visto como talismã e pretende que seus gols o ajudem a ganhar uma vaga no time titular. "Estou trabalhando para buscar meu espaço entre os 11. Está faltando muita coisa para mim em termos físicos. Estou tentando trabalhar paralelamente, mas com jogo no meio de semana fica difícil. Então, é na base da superação", revelou.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…