23 set 2006 - 23h53

Furacão bate o São Caetano e volta a sonhar

KYOCERA ARENA – O Atlético derrotou o São Caetano por 3 a 1 em partida disputada neste sábado à tarde na Kyocera Arena, pela 26º rodada do Campeonato Brasileiro. Invicto há quatro partidas, o time ganha confiança para o desafio internacional contra o River Plate, durante a semana. No Brasileiro, a situação voltou a ficar mais confortável. Por enquanto, o Rubro-Negro está na nona colocação, com 34 pontos.

O Atlético jogou melhor no primeiro tempo. Ao contrário dos jogos passados, o time não sentiu muitas dificuldades para abrir o marcador. Aos 19 minutos, Cristian fez boa jogada pela ponta-direita e cruzou para trás. Ferreira recebeu na entrada da área e bateu de primeira, no cantinho do goleiro Mauro. Em desvantagem, o São Caetano se arriscou mais e o Furacão passou a explorar os contra-ataques. Mas, a exemplo dos últimos jogos, o time perdeu muitos gols. Denis Marques desperdiçou pelo menos três grandes oportunidades para fazer um gol.

Aos 37 minutos, o Azulão acabou empatando o jogo. Martin chutou forte de fora da área e Cléber fez grande defesa. Porém, a defesa falhou no rebote e Madson pegou a sobra. O lateral rolou para o lado e o próprio Martin só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo do gol. Quando a torcida pensava estar vendo a repetição do jogo contra o Santa Cruz, a estrela do atacante Marcos Aurélio voltou a brilhar. Denis Marques ajeitou para Marcola chutar forte de fora da área e marcar um bonito gol, resgatando a vantagem no marcador.

Com segurança

Na etapa final, o Atlético não teve tanto ímpeto ofensivo. As melhores chances de gol surgiram com o meia Ferreira. Ele esteve próximo de marcar o terceiro gol aos 16 e aos 18 minutos. O Rubro-Negro também criou boas oportunidades nas cobranças de falta do lateral-esquerda Michel. Sem ampliar a vantagem, o Atlético ficou ameaçado de sofrer o empate. A zaga cometeu algumas falhas, mas os atacantes do São Caetano não acertaram a pontaria e Cléber foi muito seguro.

Mesmo assim, o técnico Vadão resolveu reforçar o meio-campo e colocou Alan Bahia no lugar de Cristian. Depois disso, o adversário não teve mais chances de marcar. A vitória foi garantida aos 44 minutos. William cruzou da direita e Alan Bahia tentou cabecear. Ele acabou se atrapalhando, mas mesmo caído conseguiu tocar para Marcos Aurélio. O matador não desperdiçou a chance e marcou o terceiro gol atleticano.

Com a vitória sobre o São Caetano, o Atlético cumpriu a meta de conquistar sete pontos em três partidas estabelecida pelo técnico Vadão e ganhou ânimo para enfrentar o River Plate, na próxima quarta-feira, pela Copa Sul-Americana. Nos últimos minutos do jogo, a torcida rubro-negra até ensaiou gritos de olé.

%ficha=513%

Melhores momentos da partida

Primeiro tempo
06 min – Jancarlos arriscou de fora da área, mas mandou à esquerda de Mauro.
13 min – Anderson Lima cobra falta por cima da trave.
15 min – Atlético perde uma chance incrível. Michel cruza da esquerda, Cristian ajeita para a área e Denis Marques perde o gol embaixo da trave.
19 min – Gol do Atlético. Cristian cruza da direita e Ferreira bate colocado no canto direito de Mauro.
23 min – Ferreira aciona Denis Marques na área, mas ele bate muito mal.
28 min – Anderson Lima manda bomba de fora da área e Cléber faz boa defesa.
29 min – Cristian puxa contra-ataque e lança Denis Marques, que invade a área e bate para fora.
31 min – Cléber faz grande intervenção em cruzamento do São Caetano.
37 min – Gol do São Caetano. Depois de excelente defesa de Cléber, Martin pega o rebote e empata.
41 min – Michel chuta da entrada da área para fora.
43 min – Gol do Atlético. Denis Marques ajeita para Marcos Aurélio encher o pé de fora da área e marcar um golaço.
45 min – Fim do primeiro tempo.

Segundo tempo
09 min – Anderson Lima cobra falta no travessão.
14 min – Michel bate cruzado e Mauro faz a defesa.
16 min – Ferreira chuta forte de dentro da área, mas sem direção.
18 min – Michel cobra falta, a bola desvia e Ferreira bate de primeira. A bola passa raspando a trave.
26 min – Zaga do Atlético falha, mas Dinélson bate fraco e Cléber defende.
33 min – Michel cobra falta na área, a bola passa por todo mundo e Mauro espalma para escanteio.
44 min – Gol do Atlético. Após cruzamento na área, Alan Bahia ajeita para Marcos Aurélio tocar para o gol.
48 min – Fim da partida.



Últimas Notícias