27 set 2006 - 22h10

Paulo Rink defendeu "retranca" no final

O atacante Paulo Rink participou dos trinta minutos finais do jogo contra o River Plate, nesta quarta-feira, no Estádio Monumental de Nuñez. Substituiu o artilheiro Marcos Aurélio e deu sua contribuição ao Atlético justamente no período em que o time mais sofreu na partida. Nos últimos minutos, o River Plate pressionou bastante e o Atlético abdicou de atacar. Rink ficou sozinho na frente e o meio-campo foi reforçado com quatro volantes. Apesar disso, o experiente atacante não reclamou. Pelo contrário, louvou a conduta do Furacão na partida.

"Nos últimos minutos, o River veio para cima e nós nos seguramos. A gente tentava atacar, mas o River jogou com tudo. Não é depreciar a imagem do Atlético se segurar contra o River na casa deles nos minutos finais", comentou Paulo Rink, para quem os jogadores atingiram um feito histórico na noite desta quarta. "Acho que todos os jogadores que vieram aqui na noite de hoje e venceram o River estão de parabéns porque é uma coisa histórica", comentou o jogador.

Para o jogo de volta, Paulo Rink acredita que o Atlético deve ter uma postura mais ofensiva e aproveitar o fato de jogar na Kyocera Arena. "Em casa nós temos de fazer valer a força do campo. O resultado é um passo importante. O 1 a 0 fora de casa nos credencia a ter uma condição melhor de pensar na classificação", analisou ele.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…