4 out 2006 - 11h25

Manchetes atleticanas desta quarta-feira

Vencer para entrar na briga por uma vaga na Libertadores. Essa é a obsessão do Atlético para a partida de hoje contra o Juventude, às 19h30, em Caxias do Sul. Objetivo inimaginável quando o time terminou o primeiro turno em 15.º lugar, com apenas 38,6% dos pontos conquistados, mas que se tornou plausível depois de o Rubro-Negro confirmar a tendência de sempre crescer na segunda metade do Brasileiro desde que o campeonato passou a ser disputado por pontos corridos.

 

Com campanhas praticamente idênticas no Campeonato Brasileiro, Atlético e Juventude se enfrentam hoje, a partir das 19h30, em Caxias do Sul (RS). Os dois times têm 35 pontos, 10 vitórias e saldo negativo de 1 gol. O Furacão leva vantagem apenas no número de gols marcados: 36, contra 26 do adversário.

 

O atacante Paulo Rink, que entra no lugar de Denis Marques, é a novidade no Atlético Paranaense contra o Juventude, em Caxias, adversário direto na briga por uma vaga da Copa Sul-Americana do ano que vem. A partida, às 19h30 de hoje, é pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na tabela de classificação, ambos têm 35 pontos — os paranaenses estão na nona colocação, uma acima dos gaúchos.

 

– Nós não temos nada acertado porque há alguns problemas a serem resolvidos, incluindo a questão da Prefeitura. Este projeto é apenas mais um boato que soltam na internet – disse Holzmann ao site Furacao.com.

 

O Atlético vem embalado. Não perde há seis partidas, tanto no Brasileirão quanto na Copa Sul-Americana, e quer aproveitar o bom momento para conquistar três pontos contra o Juventude, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), onde o time da casa não leva um gol há quatro meses.

 

Para o técnico Osvaldo Alvarez, a partir de agora o Atlético Paranaense só terá jogos considerados de seis pontos. O treinador explicou que os próximos adversários – Juventude, Cruzeiro e Palmeiras – estão no mesmo nível do Furacão.

 


Últimas Notícias