4 out 2006 - 22h04

Paulo Rink voltou a marcar após nove anos

Foi só ganhar a posição de titular para Paulo Rink voltar a marcar com a camisa rubro-negra, após nove anos. Com este gol, o atacante atingiu a marca de 80 gols pelo Rubro-Negro e quebrou os 675 minutos sem gols sofridos do Juventude no Alfredo Jaconi. O lance aconteceu aos 45 minutos do primeiro tempo. Cristian cruzou da direita, Paulo subiu sozinho e cabeceou bonito no canto esquerdo do goleiro André.

Depois de sete partidas entrando no segundo tempo, o jogador já estava ansioso para balançar as redes pelo Furacão. "Eu quero fazer gol, como todo atacante quer. Mas o gol vai sair naturalmente. O importante é que as vitórias venham para o Atlético e que consigamos pontos em Caxias para melhorar na classificação", declarou o atleta na terça-feira, antes da partida.

Rink conseguiu marcar, mas o time não conseguiu vencer o Juventude, nesta quarta-feira, no Alfredo Jaconi. O jogo acabou 3 a 2 para o time gaúcho, que conquistou os três pontos e saltou para a sexta colocação na tabela de classificação do Brasileiro.

Sobre a partida, Paulo afirmou que a equipe até esboçou uma reação após o gol de Pedro Oldoni, aos 39 minutos da segunda etapa, que deixou o marcador em 3 a 2 para os donos da casa. Mas que com o time adversário pressionando, o gol de empate não saiu. "A gente não soube suportar a pressao do Juventude até fizemos o gol, mas não foi possivel hoje", disse o jogador após a partida.

Curiosamente, Paulo Rink vestiu a camisa 9 do Atlético. Entre 95 e 97, o atacante se tornou ídolo da torcida e ficou marcado por usar a camisa 11. O número 9 era de Oséas, com quem o atleta formou uma dupla de ataque memorável. Nesta quarta, a 11 que um dia foi de Rink coube a Marcos Aurélio.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…