4 out 2006 - 22h45

Vadão lamenta arbitragem confusa

O técnico Oswaldo Alvarez admitiu que a vitória do Juventude sobre o Atlético por 3 a 2, nesta quarta-feira, foi justa. Para Vadão, o Atlético teve uma atuação irregular, de "altos e baixos", em suas palavras, e não conseguiu manter o ritmo necessário para quebrar a longa invencibilidade do Juventude em seus domínios.

Contudo, apesar de reconhecer os méritos do adversário, Vadão lamentou a atuação da arbitragem comandada pelo paulista Sálvio Spínola Fagundes Filho. "O resultado foi justo, eu acho que o Juventude foi melhor. Uma pena que o árbitro tenha sido muito confuso. Ele é um bom árbitro, mas não apitou bem", avaliou o treinador. Sálvio Spínola inverteu faltas, marcou um pênalti em um lance polêmico e marcou diversos impedimentos inexistentes, prejudicando o espetáculo.



Últimas Notícias

Sul-Americana

Caminhando pela América

Dentro de uma semana o Athletico volta a campo na primeira partida da equipe principal e num dos torneios cobiçados pelo clube na temporada: a…