11 out 2006 - 14h11

Paixão desde a infância

Não basta torcer, tem que participar. Foi com este pensamento que Rodrigo Queiroz Weber, de apenas 8 anos de idade, decidiu presentear sua maior paixão. Nesta quinta-feira, Dia das Crianças, quem vai dar o presente é ele, prestando uma homenagem tanto ao Atlético quanto aos atleticanos. A colaboração de Rodrigo vem em forma de livro, com o lançamento da obra "Didi e a festa do Furacão".

A inspiração de Rodrigo nasceu dentro da Baixada, com a ajuda de um dos maiores ídolos recentes da torcida atleticana, o atacante Washington. "Meu avô me levou ao estádio. Eu e meus irmãos entramos em campo com o Washington e ele prometeu que ia fazer um gol para mim. Ele fez o gol e depois jogou a camisa para mim", lembra o pequeno atleticano.

A história real foi transformada em livro por Rodrigo graças ao incentivo de seus pais. "Meu pai falou: ‘escreva um livro do teu time’ e eu escrevi. Sou atleticano desde pequeno e vou a todos os jogos em casa", disse. "Nós damos todo o apoio para ele. Ele escreveu do modo dele e a gente ajudou para ficar mais fácil para as pessoas entenderem", explicou a mãe do jovem escritor atleticano, Sandra Queiroz Weber.

Além do Atlético, o atacante Washington é também personagem central do livro. "Ele gosta muito de escrever e ler e sempre escreve as historinhas dele. Então, ele chegou já com a idéia de escrever um livro, era bem a época que o Washington estava aqui. E aí ele foi desenvolvendo a idéia dele", conta Sandra.

O lançamento do livro "Didi e a festa do Furacão" ocorrerá na tarde desta quinta-feira na Revistaria do Toni, estabelecimento comandado por outro grande atleticano, o empresário Toni Abdo.

Pequenos atleticanos

O exemplo do pequeno atleticano Rodrigo Queiroz Weber é apenas uma de várias demonstrações de paixão que todo torcedor do Atlético sempre faz questão de mostrar para todo mundo, independente da idade. O Atlético tem a maior, mais vibrante e apaixonada torcida do estado. E também a mais jovem. Prova de que muitas pessoas descobrem desde muito cedo que torcer para o Atlético é a melhor opção que podemos seguir para nossas vidas.

Quando escolhemos ser atleticano (seja por influência da família, de amigos, por se encantar com o time, com as conquistas, com a estrutura, ou com a torcida) escolhemos muito mais do que um time de futebol. Escolhemos um modo de vida. Um modo de vida guiado pelas cores rubro-negras e pela paixão eterna ao Clube Atlético Paranaense.

Neste Semana das Crianças, a Furacao.com homenageia a todos os pequenos atleticanos espalhados por todos os cantos do mundo. E com o exemplo do Rodrigo Queiroz Weber ficamos com a certeza que o futuro do Atlético será guiado por ainda mais criatividade, orgulho, conquistas. A você, pequeno atleticano, os nossos parabéns. E a certeza de que torcer para o Atlético é algo que transforma a vida em algo especial. Uma vida que será sempre movida por gols, vitórias e conquistas do nosso Furacão.

Serviço
Lançamento do Livro "Didi e a festa do Furacão"
Data: 12 de outubro (quinta-feira)
Horário: das 16 às 18 horas
Local: Revistaria do Toni (Avenida Iguaçu, 2.225, entre a Ângelo Sampaio e a Bento Viana, no Água Verde)



Últimas Notícias