12 out 2006 - 21h46

Vadão: "Agora, temos que acreditar em tudo"

O técnico Oswaldo Alvarez comemorou a dedicação de seus jogadores na partida desta quinta-feira contra o River Plate na Kyocera Arena. O Atlético empatou por 2 a 2 e se classificou para as quartas-de-final da Copa Sul-Americana. Depois do jogo, ele comemorou o excelente resultado. Vadão disse que após eliminar o River, o Atlético passa a pensar mais longe e os jogadores devem acreditar que podem superar qualquer adversário. Confira os principais trechos da coletiva:

DIFICULDADES
"É muito difícil fazer uma partida contra uma equipe do nível do River e que em nenhum momento sobre espaço. Todo time que joga contra o Barcelona sempre tem a pergunta: por que deixaram o Ronaldinho sozinho? É a mesma coisa. A gente faz o possível, mas estamos jogando contra um adversário de alto nível."

TIME MISTO DO RIVER
"Quando entra dentro do campo nenhum jogador entra para perder. Eles têm um nível de equipe que permite eles a fazerem isso. O mais importante é que nós fizemos a nossa parte e somos a única equipe brasileira na Copa Sul-Americana."

TESTES
"Nós passamos por dois testes dificílimos. Primeiro, enfrentamos um adversário local. Depois tivemos um teste de amadurecimento brusco que foi enfrentar o River Plate. A partir do momento em que você vence o River Plate em um confronto duplo, você tem de acreditar sempre que qualquer adversário que vier será possível vencer. O importante é nós termos consciência de que nós podemos."

POUPAR
"É muito difícil. Como podemos pensar em poupar alguém para o jogo do Palmeiras na situação em que nos encotramos? Não estamos numa situação confortável. Nós só pouparemos jogadores se eles estiverem sem condições ideais de atuar."

PSICOLOGIA
"Nós estamos trabalhando incessantemente nestas condições. Trouxemos até o Evandro (Motta) para nos ajudar, ele hoje faz parte integrante da nossa equipe. Nós trouxemos um profissional da capacidade do Evandro para nos auxiliar nesse sentido."



Últimas Notícias