13 out 2006 - 0h47

Derrotado, River não concedeu entrevista

Depois de empatar por 2 a 2 com o Atlético na Kyocera Arena e ser eliminado da Copa Sul-Americana, jogadores e comissão técnica do River Plate adotaram a lei do silêncio, pelo menos com a imprensa brasileira. Nenhum representante do time argentino foi à sala de imprensa da Arena para a entrevista coletiva após o jogo. Apenas os jornalistas da Argentina tiveram acesso aos atletas e ao técnico Daniel Passarella, entrando no vestiário reservado aos visitantes.

De lá, os integrantes da delegação do River foram direto para o ônibus, sem passar pela sala de imprensa do estádio. A equipe retorna a Buenos Aires nesta sexta-feira, às 16h.



Últimas Notícias