13 out 2006 - 12h08

Manchetes atleticanas desta sexta-feira

“El Paranaense” tira o River Plate da luta

O cenário armado foi o dos sonhos da torcida rubro-negra: Arena lotada, longa queima de fogos de artifício, sinalizadores na arquibancada, faixas rubro-negras estendidas do teto e, o mais importante, um oponente do primeiro nível mundial. Para completar, faltava a classificação para as quartas-de-final da Sul-Americana em cima do River Plate. E ela veio, graças à vantagem adquirida em Buenos Aires e aos gols de falta de Jancarlos que garantiram o empate.

 

Com a bênção de Nossa Senhora, Atlético despacha o River
Foi mais uma noite inesquecível para os atleticanos. Totalmente lotada, a Baixada estava preparada para uma grande festa. Faixas, fogos, sinalizadores e um imenso mosaico formando o símbolo do clube faziam do estádio o palco perfeito para uma decisão.

 

Atlético empata com o River e está classificado para as quartas-de-final
O Atlético provocou na torcida do Atlético todos os tipos de sentimento que um ser-humano pode sentir. Mas no final a alegria superou a tristeza e o Furacão conseguiu um empate por 2 a 2 com o River Plate e está classificado para as quartas-de-final da Copa Sul-Americana. O técnico Vadão colocou o mesmo time que vinha atuando no Campeonato Brasileiro. A diferença de esquema foi que Erandir deu um passo para trás e jogou como terceiro zagueiro.

 

Atlético-PR empata com River e segue na Sul-Americana
Em jogo emocionante, Atlético Paranaense e River Plate empataram em 2 a 2 nesta quinta-feira, na Kyocera Arena, em Curitiba, em resultado que classificou o Furacão para as quartas-de-final da Copa Sul-Americana. O time paranaense, único representante brasileiro que continua na competição, pegará na próxima fase o Nacional, do Uruguai, que eliminou o Boca Juniors, da Argentina.

 


Últimas Notícias