22 out 2006 - 18h10

Evanílson estreou com a camisa atleticana

O lateral-direita Evanílson fez sua estréia com a camisa do Atlético na partida desta tarde, contra o Fortaleza. Contratado na primeira quinzena de setembro para disputar posição com Jancarlos, o jogador atuou até os 32 minutos do segundo tempo, quando saiu de campo para a entrada do atacante Pedro Oldoni.

Com passagens pela Seleção Brasileira e pelo futebol alemão, o jogador estava sem time quando assinou com o Atlético e chegou precedido de grande cartaz, mas até o momento só havia jogado pelo time B do Atlético, que está disputando a Copa dos 100 Anos

A atuação do lateral rendeu elogios do técnico Vadão, em entrevista coletiva concedida à imprensa após o final da partida. “Foi uma atuação muito boa. É óbvio que ele joga mais do que isso, mas até a equipe estiver melhor condicionada, posso dizer que ele fez uma boa estréia. Sabemos do potencial dele, ele pode render muito mais. Pelo tempo parado, ele foi muito bem”, analisou.

Carreira

Evanílson estava defendendo o Colônia, da Alemanha, quando recebeu a proposta da diretoria do Atlético e ficou entusiasmado em voltar ao futebol brasileiro. “Estava com saudades do país, com vontade de voltar e saudades da minha família. Tive outras ofertas na Alemanha, mas optei em atuar pelo Atlético", disse, em entrevista ao site oficial do Rubro-Negro na ocasião de sua apresentação.

Com origem humilde, Evanílson trabalhava como jardineiro e ganhava mensalmente um salário mínimo. Nas horas vagas, treinava e jogava no Santa Tereza, equipe amadora de Belo Horizonte. Em 1996 teve sua primeira oportunidade no time de Juniores do América-MG, conquistando a Copa São Paulo da categoria. Dois anos depois, foi um dos destaques do Campeonato Mineiro. Em 1999, transferiu-se para o Cruzeiro e logo depois foi negociado com o futebol alemão. Na Alemanha, o lateral atuou por cinco anos e meio pelo Borussia Dortmund, onde foi Campeão Alemão e vice-campeão da Copa da UEFA, em 2002. Ano passado ele retornou ao futebol brasileiro, para defender o Atlético-MG. A passagem, no entanto, foi curta, voltando para o futebol alemão, para defender o Colônia.

Pela Seleção Brasileira, Evanílson disputou treze partidas, sendo Campeão da Copa América, em 1999, e vice-campeão da Copa das Confederações, em 2003.



Últimas Notícias

Brasileirão A1

Aleluia!

Pela rodada 13 do Brasileirão, no Barracão, Vitória 0 x 1 Athletico. Vindo de uma sequência horrorosa de resultados o Athletico precisava se recuperar no…