31 out 2006 - 17h43

Clube alerta para regras e restrições

Muitos torcedores ainda tem dúvidas sobre as restrições impostas pela Polícia Militar do Paraná e também algumas regras que o Atlético está implementando para oferecer maior comodidade aos espectadores da Kyocera Arena.

O Tenente Coronel Sr. Eron Ulisses Donadello do 13º Batalhão da PM-PR, responsável pelo policiamento no estádio atleticano, está editando um documento intitulado NGA (normas gerais de ação) que visam deixar claro quais são as restrições quanto a entrada de objetos no Joaquim Américo.

Apesar de muitos protestos, a entrada com qualquer tipo de guarda-chuva permanece proibida, assim como capacetes e objetos de grande porte, e rádios que contem com pilhas médias e grandes, que poderiam eventualmente ser arremessadas em campo. O Atlético disponibiliza um guarda volumes que fica localizado na entrada direita do setor Buenos Aires, porém o clube lembra que objetos muito grandes não tem como serem guardados e nem em grande quantidade, solicitando a compreensão do torcedor.

SETORIZAÇÃO

Numa segunda fase da implementação da setorização da Kyocera Arena, as curvas também estão tendo suas entradas restritas desde o último final de semana. Assim como já era feito no setor Getúlio Vargas, quando o torcedor adentra aos setores Buenos Aires ou Madre Maria, tem o ingresso picotado pelo fiscal do clube. Quando desejar sair, não é necessário apresentar o ingresso, mas se recebe um ticket que deve obrigatoriamente ser devolvido quando da volta ao setor.

Essa resolução visa evitar a migração de setores dos torcedores, que por muitas vezes compravam ingressos de determinado setor, mas acabavam superlotando outro, causando desconforto entre os espectadores presentes.

Dúvidas, esclarecimentos e sugestões podem ser feitas para o clube, através do site oficial ou para o Comando do Policiamento da Capital, através deste e-mail .



Últimas Notícias