3 nov 2006 - 17h23

Atlético B goleia o Londrina na Baixada

Atlético B e Londrina pela Copa dos 100 Anos na tarde de sexta-feira de um feriado prolongado. Não parece ser um programa muito empolgante, tanto que o árbitro Renato Vieira Júnior, escalado pela Federação Paranaense de Futebol, não apareceu na Kyocera Arena. Diante da ausência do titular, o quarto árbitro Gilmar Bronca foi obrigado a assumir o apito e resolveu ter uma atuação decisiva na partida. Honrando o sobrenome, o árbitro substituto distribuiu nada menos que treze cartões – nove amarelos e quatro vermelhos. Graças ao festival de advertências, o espetáculo acabou prejudicado. Os times terminaram com apenas oito jogadores na linha e a partida acabou parecendo uma "pelada". Mesmo assim, o Atlético foi bem superior no segundo tempo e venceu por 3 a 0.

De acordo com o borderô, quase 400 torcedores foram à Baixada para prestigiar as jovens revelações rubro-negras. No primeiro tempo, não houve muitos destaques. Com três zagueiros e três volantes, o Atlético pouco criou. Nem a expulsão do zagueiro londrinense Allan Rodrigo logo aos 24 minutos ajudou o Furacão. A melhor chance foi aos 36 minutos, quando Renato girou em cima de um zagueiro e chutou por cima do travessão. Nos acréscimos, o lateral-esquerda Stanley também foi expulso e a etapa inicial terminou rigorosamente igual.

O Furacão voltou para o segundo tempo com uma modificação: o meia Rogerinho no lugar do volante Roberto. A alteração foi decisiva e Rogerinho acabou se tornando o grande destaque individual da partida. Com grandes jogadas individuais, ele marcou dois gols e infernizou a zaga do Londrina. O meia maranhense, que foi contratado pelo Atlético do Uniclinic, do Ceará, mostrou suas qualidades logo na primeia vez em que tocou na bola. Logo aos 40 segundos, ele invadiu a área pela esquerda e chutou forte para abrir o marcador.

Nos cinco minutos seguintes ao gol, Rogerinho fez mais três jogadas, todas pela ponta-esquerda, levando grande perigo ao gol do Londrina. A melhor chance do time do interior, dirigido pelo ex-atleticano Lio Evaristo, ocorreu aos 11 minutos. Marcelo Silva recebeu cruzamento da direita e chutou por cima da trave. Com as expulsões de Ivan, aos 6, e de Rhodolfo, aos 23, a dinâmica do jogo acabou extremamente prejudicada pelo árbitro Gilmar Bronca. O Londrina tentou empatar e o Atlético passou a jogar no contra-ataque, sempre com muito perigo.

Em um deles, aos 37 minutos, Rogerinho ampliou. Renato fez boa jogada e tocou para o meia maranhense, desta vez na ponta-direita. Seu primeiro chute foi defendido pelo goleiro João Carlos, mas o rebote caiu nos pés do bom jogador atleticano. Ele driblou a zaga, tirou do goleiro e chutou forte, marcando seu segundo gol na partida.

Depois do show individual de Rogerinho, o jogo foi encerrado com uma linda jogada do polivalente volante Chico, que atuou como lateral-esquerda na etapa final, devido à expulsão de Stanley. Aliando raça e técnica, Chico roubou uma bola no campo de defesa do Atlético, atravessou todo o campo, driblou o goleiro João Carlos e marcou um golaço. Tudo isso aos 47 minutos do segundo tempo, demonstrando o excelente preparo físico da equipe. Com a vitória, o Rubro-Negro chega aos 12 pontos e continua lutando pelas primeiras colocações da Copa dos 100 Anos.

Copa dos 100 Anos – (03/11/06) – Atlético 3 x 0 Londrina
L: Kyocera Arena; H: 15h30; A: Gilmar Bronca (PR); CA: Willian (16′), Ricardinho (16′), Allan Rodrigo (18′), Valdir (27′), Marcus Winícius (29′), Alex (31′), Ivan (34′), Stanley (35′) e Guilherme (77′); CV: Allan Rodrigo (24′), Stanley (45+1′), Ivan (51′) e Rhodolfo (68′); P: 396; R: R$ 1.742,50; G: Rogerinho, a 1 e aos 37, e Chico, aos 47 do do 2º.

ATLÉTICO: Guilherme; Thiago Gasparino, Rhodolfo, Alex, Robenval e Stanley; Marcus Winícius, Chico e Roberto (Rogerinho int); Ricardinho (Fernando Mineiro 65′) e Willian (Renato 32′). T: Leandro Niehues.

LONDRINA: João Carlos; Baiano, Valdir, Daniel, Allan Rodrigo e Igor (Alemão 67′); Júnior (Alan 73′), Paulista (Silas 53′) e Ivan; Marcelo Silva e Macedo. T: Lio Evaristo.

Melhores momentos do jogo

Primeiro tempo
18 min – Jogador do Londrina invade a área pela direita e chuta na rede pelo lado de fora.
30 min – Macedo bate cruzado, Guilherme espalma e a bola vai para escanteio.
36 min – Renato faz ótima jogada individual, mas chuta por cima da trave.
37 min – Thiago Gasparino chuta forte e João Carlos espalma.
47 min – Fim do primeiro tempo.

Segundo tempo
40 seg – Gol do Atlético. Rogerinho recebeu passe de Renato, invadiu a área pela esquerda e bateu no canto do goleiro João Carlos.
03 min – Rogerinho cai de novo pela esquerda e bate, mas desta vez João Carlos defende.
04 min – Ricardinho lança Rogerinho, que é derrubado por Valdir na área. Gilmar Bronca não marca o pênalti.
09 min – Igor chuta de longe e Guilherme defende firme.
11 min – Baiano cruza para Marcelo Silva, que perde um gol feito.
18 min – Chico chuta cruzado para fora.
25 min – Rogerinho chuta forta, João Carlos dá rebote e Renato perde o gol.
26 min – Fernando Mineiro bate cruzado para fora.
36 min – Renato chuta forte e João Carlos defende.
37 min – Gol do Atlético. Renato toca para Rogerinho, na direita. No primeiro chute o goleiro defende, mas no rebote ele dribla o zagueiro e chuta forte para ampliar.
40 min – Alex tabela com Renato, mas chuta por cima da trave.
42 min – Baiano chuta forte e Guilherme faz grande defesa.
47 min – Macedo bate na cara do gol e Guilherme defende.
47 min – Gol do Atlético. Chico rouba uma bola no campo defensivo, atravessa todo o campo, dribla um zagueiro e o goleiro e marca um golaço.
48 min – Fim do jogo.

Assuntos:


Últimas Notícias