4 nov 2006 - 20h03

Libertadores mais longe

O Atlético não conseguiu repetir as últimas boas atuações do Campeonato Brasileiro e perdeu para o Flamengo no Maracanã. Sem conseguir encaixar os contra-ataques, o Furacão caiu por 1 a 0 depois que Cléber evitou um placar mais amplo no Rio de Janeiro. O próximo compromisso do clube paranaense vai ser na quarta-feira, contra o Corinthians, 21h45, na Kyocera Arena.

O primeiro tempo foi dominado pelo Flamengo. Foram diversas as oportunidades de gol perdidas na cara de Cléber. Se não fosse o goleiro, o placar já teria sido aberto aos dois minutos, quando Obina perdeu a chance de marcar. Com boa movimentação pelo lado direito do campo, os cariocas chegavam com facilidade. O Atlético tinha dificuldades de segurar os adversários naquele lugar do gramado. Até mesmo com a bola parada o Flamengo assustava. Aos 32 minutos Renato bateu falta. A bola pegou grande velocidade e foi espalmada, mais uma vez, pelo goleiro atleticano.

A primeira chance de gol paranaense veio com Marcos Aurélio. Aos 38 minutos ele aproveitou um rebote e, de fora da área, chutou forte. Bruno mandou para escanteio. Já nos acréscimos, Leonardo Moura perdeu mais uma chance de abrir o placar. De novo o goleiro Cléber, bem colocado, evitou o gol.

Mais rubro-negro (carioca)

O Atlético voltou para o segundo tempo bastante retraído. Sem o apoio das alas, sobrava para Alan Bahia criar as jogadas de ataque. O Flamengo soube aproveitar essa estratégia e passou a perder gol atrás de gol no Maracanã. Obina, empolgado com o nascimento da filha, era o jogador adversário que mais levava perigo. Cléber aparecia bastante, com boas defesas.

Só que de tanto insistir, o Flamengo abriu o marcador. Leo Medeiros, de fora da área, acertou o canto do goleiro atleticano. Apesar das tentativas do técnico Vadão, que colocou William, Válber e Pedro Oldoni, nos lugares de Ferreira, Cristian e Marcos Aurélio, o Furacão pouco produziu. Só aos 37 minutos, num bate-rebate dentro da área carioca, é que o Atlético quase empatou. A zaga despachou para escanteio.

Com o resultado o Atlético praticamente dá adeus a chance de disputar a Copa Libertadores de 2007. Restando apenas cinco rodadas, o clube paranaense teria que vencer todos os jogos e ainda depender de uma combinação de resultados.

%ficha=525%

Confira os melhores momentos da partida

Primeiro tempo
2 min – Obina chegou na cara do gol. Cléber fez boa defesa
17 min – O Flamengo chegou com perigo mais uma vez. Pelo lado direito, os cariocas cruzaram. Cléber defendeu uma cabeçada com pouco perigo
18 min – Obina girou na entrada da área. O chute foi para fora
26 min – Renato chutou forte de fora da área. A bola passou perto do gol de Cléber
31 min – Pressão do Flamengo. Renatou arrancou e chegou na grande área. De novo Cléber evitou a abertura do placar
32 min – Renato bateu falta longe da área. A bola alcançou grande velocidade e Cléber conseguiu defender mais uma
38 min – Primeira chance real do Atlético. Marcos Aurélio acertou uma bomba de fora da área. O goleiro adversário mandou para escanteio
43 min – No bico do lado direito da área, Michel cobrou uma falta. A bola foi em cima do goleiro do Flamengo
46 min – Leonardo Moura acertou um chute forte. Cléber defendeu
46 min – Fim do primeiro tempo

Segundo tempo
2 min – Pressão do Flamengo. Evanílson tirou a bola da área de qualquer maneira
13 min – Renato cobrou uma falta perto da grande área. A bomba foi na barreira
18 min – Denis Marques carregou a bola e entrou na área. O chute saiu fraco e o goleiro defendeu
22 min – Obina entrou na área, a bola desviou na zaga e quase enganou Cléber, que teve tempo de se recuperar e defender
25 min – Paulinho cruzou na área. Obina cabeceou e a bola passou muito perto do gol
26 min – O Flamengo vai perdendo gol atrás de gol. Dessa vez Renato Augusto entrou na área e chutou para fora
29 min – Gol do Flamengo. Leo Medeiros, de fora da área, acertou o canto de Cléber
37 min – O Atlético quase empatou depois de um bate-rebate na área carioca. A zaga despachou para escanteio
44 min – Renato Augusto entrou na área. O chute saiu no canto e Cléber mandou para escanteio
48 min – Fim de jogo



Últimas Notícias