8 nov 2006 - 10h14

Manchetes atleticanas desta quarta-feira

O time que tentará a vaga na final do torneio internacional é o mesmo que enfrenta o Timão hoje, às 21h45, na Arena. Depois de ter admitido a possibilidade de poupar alguns jogadores, o técnico Vadão pensou bem e decidiu mandar a campo força máxima. “Não adianta nada descansar agora e depois jogar duas partidas seguidas. Então, se houver possibilidade (de poupar alguém), vamos fazer no domingo”, explicou o treinador.

 

A partir das 21h45, na Baixada, Atlético e Timão fazem um confronto direto, tentando garantir calendário internacional no ano que vem. Com 46 pontos, o Rubro-Negro está apenas dois à frente do adversário. Uma vitória ainda pode levar o Furacão ao sétimo lugar na tabela, reacendendo o sonho da Libertadores.

 

Ninguém será poupado no Atlético. O técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, avisou ontem que utilizará seus principais jogadores na partida de hoje, contra o Corinthians, às 21h45 na Baixada. “É um jogo importante, um confronto direto pela vaga na Copa Sul-Americana”, justificou o treinador.

 

O técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, decidiu armar o Atlético Paranaense com força máxima para o jogo contra o Corinthians, nesta quarta-feira, na Kyocera Arena. Vadão sinalizou que poderia poupar jogadores, após a derrota para o Flamengo, por 1 a 0, no último sábado, quando culpou o cansaço pelo resultado.

 

Ambos começaram mal o campeonato, estiveram na zona de rebaixamento, reabilitaram-se e hoje, sem a ameaça de descenso ou possibilidade de título e vaga para a Libertadores da América 2007, jogam pela honra de seus torcedores e pela possibilidade de classificação na próxima edição da Copa Sul-Americana. Esse é o cenário do confronto entre Atlético e Corinthians, às 21h45, na Kyocera Arena.

 

O cansaço é grande, mas a aproximação do pessoal lá de baixo, o que poderia custar a vaga na Sul-Americana do ano que vem, fará com que o Atlético entre em campo com força máxima para enfrentar o Corinthians, amanhã, a partir das 21h45, na Arena da Baixada. As chances do time chegar à Libertadores da América são mínimas, mas a vaga na Sul-Americana do próximo ano ainda está aberta e a disputa direta é justamente contra o Corinthians. "Contra o Grêmio, é capaz que alguém fique de fora. Agora, contra o Corinthians, não vai dar pra poupar ninguém, não", frisou o treinador atleticano.

 


Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…