13 nov 2006 - 11h17

Comissão anuncia mosaico contra o Pachuca

Para manter a mística de "pé quente", a Comissão de Mosaicos do Furacão anuncia o próximo mosaico que será realizado no próximo dia 15 de outubro às 15h30 na Kyocera Arena no jogo válido pelas semifinais da Copa Sul-Americana, contra o Pachuca.

Para que esse mosaico pudesse ser realizado, a Comissão de Mosaicos recebeu sugestões do layout a ser utilizado para este jogo. Mais de 70 e-mails foram recebidos e, num conjunto, a Comissão decidiu por unir as idéias e o layout somente será divulgado na hora da formação do mosaico. A Comissão de Mosaicos agradece a todos que colaboraram enviando suas sugestões e críticas.

Mais uma vez, o layout não será divulgado para que a torcida atleticana tenha uma surpresa quando o mosaico for formado nas arquibancadas do Setor Buenos Aires Superior.

O torcedor atleticano que puder colaborar será orientado já na entrada da Buenos Aires Superior os organizadores vestidos com camisetas azuis e identificados com crachá estarão entregando panfletos para que as pessoas que ali sentarem saibam como proceder na hora da formação do mosaico.

Desde já a Comissão de Mosaicos agradece a todos pela divulgação da notícia e agradece a disposição da torcida em nos ajudar. Qualquer dúvida, sugestão ou crítica pode ser enviado para o e-mail: equipe@mosaicofuracao.com.br

História do Mosaico

Iniciativa inédita no futebol brasileiro, o Mosaico Furacão estreou oficialmente no dia 20 de agosto de 2005, no jogo entre Atlético e São Paulo, na Kyocera Arena. São milhares de adereços reunidos, que juntos formam um gigantesco mosaico.

A equipe do Mosaico Furacão é formada por 18 torcedores do Atlético, encarregados em organizar os mosaicos e orientar os demais torcedores em como montar a coreografia. A equipe conta com um site na internet, no endereço www.mosaicofuracao.com.br .

Até hoje, já foram realizadas seis edições do Mosaico Furacão. A estréia aconteceu no dia 20 de agosto de 2005, na partida entre Atlético e São Paulo, formando um gigantesco painel com as iniciais do clube – CAP. A segunda edição do Mosaico foi no dia 02 de outubro de 2005, no jogo entre Atlético e Flamengo, com os torcedores reverenciando as duas principais conquistas do Atlético: os títulos Brasileiros da 2ª divisão (em 1995) e da 1ª divisão (em 2001), com os painéis formando as duas estrelas que simbolizam as conquistas. O terceiro Mosaico foi no clássico regional entre Atlético e Paraná Clube, no dia 30 de outubro de 2005, com os torcedores formando uma enorme bandeira do estado do Paraná nas cores rubro-negras, numa referência à maior torcida do estado – "O Paraná é Rubro-negro". O quarto mosaico foi em 05 de fevereiro de 2006, numa homenagem ao então técnico do Atlético, Lothar Matthäus, com a formação de uma enorme bandeira da Alemanha nas arquibancadas do estádio atleticano. Na sua quinta edição o mosaico aconteceu no dia 12 de Outubro de 2006, e a imagem formada foi o desenho das iniciais do símbolo do CAP em homenagem ao "El Paranaense", como o Atlético é conhecido no continente sul-americano. O último mosaico aconteceu no dia 25 de Outubro de 2006 na partida contra o Nacional do Uruguai válido pelas quartas de final da Copa Sulamericana e a maior bandeira do Brasil tremulou nas arquibancadas da Kyocera Arena, os torcedores atleticanos utilizaram mais de 2100 painéis na cores da bandeira nacional e homenagearam o Clube Atlético Paranaense como sendo o único clube brasileiro na Copa Sulamericana de 2006.

Fonte: Comissão de Mosaico



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…