18 nov 2006 - 17h12

Dagoberto é cortado e não enfrenta o São Paulo

O atacante Dagoberto não viajou com a delegação atleticana para São Paulo. Relacionado pelo técnico Oswaldo Alvarez, o jogador chegou a estar na concentração com o grupo atleticano mas teve uma conversa com a diretoria pouco antes do embarque para a capital paulista. De acordo com o própio clube, a princípio o atacante não joga contra o São Paulo neste domingo. "Ainda não está confirmado se ele viaja ou não para o México. A direção quer definir toda essa situação com o Dagoberto. Colocar um ponto final nessa história toda", informou a assessoria do Rubro-Negro.

O atacante voltou a atuar pelo Atlético na semana passada, contra o Grêmio, na Kyocera Arena. Depois de três meses afastado do time titular, Dagoberto também jogou contra o Pachuca, na quarta-feira. Ele entrou no segundo tempo no lugar de Marcos Aurélio, que sequer o cumprimentou na saída do gramado.

Problemas com outros jogadores?

Após o jogo contra o Pachuca aventou-se a possibilidade dos jogadores do Atlético estarem desgostosos com o retorno de Dagoberto ao grupo principal. As saídas de Marcelo Silva e Válber do banco de reservas para que o atacante ficasse a disposição de Vadão contra o time mexicano poderia ser um dos motivos para o baixo rendimento paranaense na última partida da Copa Sul-Americana.

De acordo com o jornalista Chico Lang, Dagoberto já estaria negociado com o São Paulo para defender o tricolor na temporada 2007. "Já nos bastidores, as boas línguas garantem estar tudo certo com o lateral-esquerdo Jadílson, do Goiás; e o atacante Dagoberto, do Furacão. Na calada da noite, os dois estiveram fazendo exames médicos e já deixaram tudo acertado para se apresentarem, se bobear, na semana seguinte à última rodada do Brasileirão", afirmou Lang em seu site.



Últimas Notícias