11 dez 2006 - 15h27

Lateral Alberto quer voltar ao futebol brasileiro

O lateral-direita Alberto está pretendendo retornar ao futebol brasileiro em 2007. Destaque do Atlético entre os anos de 1996 e 1999, Alberto foi negociado com a Udinese logo após a conquista da Seletiva da Libertadores, quando o Furacão era digido por Oswaldo Alvarez. Ele jogou os seis últimos anos na Itália, defendendo as cores da Udinese e, mais recentemente, do Siena. Agora, ele acredita que está na hora de retornar para casa.

"Acho que está na hora de voltar para o Brasil. Quero ficar mais perto da minha família", declarou Alberto em entrevista ao GloboEsporte.com. Prestes a completar 32 anos, ele anunciou que tem um acordo com a diretoria do Siena para poder deixar o clube sem pagar multa rescisória. "Tenho acordo verbal com o presidente do Siena para ser liberado de graça se for para o futebol brasileiro", revelou.

Alberto também confirmou que recebeu uma proposta do Santos. O alvinegro praiano está investindo em reforços e conta com o tirocínio do técnico Vanderlei Luxemburgo, que costuma apostar em jogadores brasileiros consagrados no exterior e que às vezes estão esquecidos pela mídia nacional.

Atlético

Em 2005, Alberto esteve no Brasil e assistiu à goleada do Atlético sobre o Chivas Guadalajara por 3 a 0 na semifinal da Copa Libertadores da América. Naquela ocasião, ele revelou à Furacao.com o seu desejo de voltar a vestir a camisa rubro-negra. "Eu queria ter uma experiência na Europa, queria me realizar profissional e financeiramente e depois voltar para o Atlético para encerrar a carreira no clube que eu mais gosto. Não é uma coisa de momento, de emoção. Hoje eu estou muito mais feliz por poder voltar à Arena da Baixada como torcedor. Infelizmente, só como torcedor. Mas um dia eu quero voltar como jogador. Quero ouvir a torcida gritar o meu nome, quero cruzar, quero dar carrinho aqui", disse.

Humilde, Alberto disse que dependia apenas de um convite de Mario Celso Petraglia para acertar seu retorno ao Furacão. "Se o Atlético tiver interesse, meu sonho é voltar para a Baixada porque essa torcida não existe igual", declarou ele na entrevista concedida em julho de 2005.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…