O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
12 dez 2006 - 13h30

Juniores: chegou a hora!

Embora sem qualquer palavra oficial, o que aliás, se tornou praxe por parte da diretoria este ano, já se aventa a possibilidade de serem formados dois times para 2007, o que convenhamos, é um rematado absurdo. Dois times não se sabe pra que, pois sabemos que mal temos um time meia-boca, que nos fez passar os maiores vexames de nossa história recente. Porém atleticanos, a gente sabe e tem notícia, que isso fatalmente vai acontecer, embora a fragilidade de nosso elenco. Também sabemos que pela política de nossa direção, nenhum grande jogador será contratado, quer dizer, ninguém em termos, pois deverá sem dúvida surgir já em janeiro, uma “carrada” de jogadores desconhecidos, chamados de “semi-prontos” que deverão ser contratados como sempre acontece, na esperança que um ou dois estourem e possam ser vendidos para o exterior ao final do ano.

Entretanto atleticanos, acho que a política deveria ser outra. Já que o time sub-20, decidiu em 2006, quatro competições e foi campeão em três, os caminhos poderiam ser outros. Se haverá aproveitamento dos juniores, então que se os coloque pra jogar imediatamente no time titular e explore-se as suas qualidades. Muito melhor experimentá-los do que se buscar jogadores desconhecidos do Confiança ou do Itumbiara, ou coisa que o valha. Se os meninos errarem, por certo não errarão mais do que os eventuais “semi-prontos” vindos de todas as partes do Brasil. Os 05 ou 06 promovidos precisam jogar já.

Lembro por outro lado que o Atlético nunca passa da primeira fase da Taça São Paulo de Juniores, porque sempre manda para a competição, juvenis que sobem e os então reservas do time junior. Ora, por vezes o dito planejamento desmontou o time junior vencedor para inutilmente deixá-los treinando com os profissionais “experientes”, sem que fossem aproveitados. Quer dizer, apenas treinaram com os profissionais e perdeu-se a oportunidade de apresentá-los verdadeiramente na Taça São Paulo, para que ficassem aqui, sendo até suplentes de treinos no Caju.

O rubro-negro, é certo, tem condições de brilhar e até de ganhar a Taça São Paulo com os jogadores que tem e se não ganhar, pelo menos poderemos testá-los efetivamente. O que vamos escolher então? Os vitoriosos juniores vão vestir já a camisa do time principal, ou ficarão só compondo grupo, treinando inutilmente? Ou os juniores vão à Taça São Paulo, farão em 23 dias uma grande campanha, podendo ganhar a competição e voltarão definitivamente prontos para o time principal.

Creio que se eles treinarem (jogarem) na Taça São Paulo o lucro será bem maior. Aliás, em verdade se diga, que os juniores multicampeões de 2006, numa grande maioria, são bem superiores a grande parte dos que foram titulares no time profissional de 2006. Então que se direcione corretamente o trabalho. Que assim seja!



Últimas Notícias