20 dez 2006 - 14h17

CBF abranda punições de mando de campo

A Confederação Brasileira de Futebol incluiu nas regras gerais das competições nacionais que, a partir da Copa do Brasil de 2007, qualquer clube de futebol que for punido com a perda de mando de campo terá uma pena mais branda. Atualmente, os clubes punidos podem jogar na sua cidade, porém em estádio neutro e com portões fechados. Com a nova regra, o clube punido continuará a jogar na sua cidade com portões fechados, mas em seu próprio estádio.

A CBF entende que a perda de receita com o estádio sem público já é uma pena justa e que, por isso, não é necessário a mudança de local para a realização da partida. Essa medida também favorece as emissoras de televisão, uma vez que não haverá a necessidade de mudança operacional para as transmissões.

A única medida que a entidade máxima do futebol manteve foi com relação às punições pendentes para 2007 de alguns clubes. Neste caso, a CBF deixou para que as agremiações fiquem no aguardo de orientação do Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

As punições ao Furacão

São vários os casos em que o Atlético teve de disputar partidas em campo neutro devido às punições impostas pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), referentes principalmente aos objetos arremessados no gramado.

A primeira punição sofrida pelo Atlético foi no ano de 2003. Na época, o STJD puniu o Rubro-Negro com a perda de um mando de campo em função do arremesso de objetos no gramado da Kyocera Arena (copos plásticos e papéis). O jogo contra o Vitória foi realizado no Estádio do Café, em Londrina, e o Atlético acabou perdendo por 2 a 1.

No Campeonato Brasileiro de 2004, o Rubro-Negro foi punido com a perda de um mando de campo. Na ocasião, o Atlético jogou no Estádio Serra Dourada em Goiás, e ganhou do Internacional por 2 a 1. Avançando mais um ano e na mesmo competição, o Atlético jogou duas partidas com portões fechados. Os dois jogos foram disputados no Estádio Couto Pereira e terminaram 0 a 0. Os adversários foram Fortaleza e Figueirense.

Neste ano de 2006, o Atlético teve uma única perda de mando de campo durante o Campeonato Brasileiro devido à confusão de torcedores que estavam no campo com os jogadores do Paraná Clube. A punição foi imposta na partida entre Atlético x Figueirense na Vila Capanema, na qual os catarinenses ganharam pelo placar de 4 a 1.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…