24 dez 2006 - 11h09

Presidente da Conmebol aposta em Copa no Brasil

Trinta e seis anos depois, uma Copa do Mundo de Futebol poderá ser disputada novamente na América do Sul, com a candidatura do Brasil a país sede do mundial. E essa possibilidade conta com o total apoio da Confederação Sul-Americana de Futebol. De acordo com o presidente da Conmebol, Nicolás Leoz, não há possibilidade de a Fifa mudar o local do evento para a América do Norte – hipótese levantada caso Brasil e Colômbia, candidatas à sediar a Copa de 2014, não cumpram o calendário de obrigações visando a disputa. ”Pelo rodízio dos Mundiais, em 2014 está acordado que será na América do Sul. Eles decidiram pela África em 2010 e vão cumprir”, disse.

Segundo o dirigente máximo da Conmebol, o favoritismo brasileiro é total, mas o país precisa melhorar vários aspectos para ter a infra-estrutura exigida pela Fifa. ”O Brasil terá de melhorar muita coisa: estádios, aeroportos, hotelaria”, afirmou o dirigente, em entrevista à Agência Estado.

Um dos estádios considerados modelos pela CBF para a candidatura brasileira é a Kyocera Arena. O estádio atleticano deve entrar na lista de análise que a Fifa fará este ano nos principais estádios do Brasil, para definir se o Brasil pode (ou não) ser sede do evento mais importante do futebol mundial.



Últimas Notícias

Libertadores

Hoje é um novo dia…..

…. de um novo tempo/que começou Nesses novos dias/as alegrias/ serão de todos/é só querer. Esses nossos sonhos/ serão verdade o futuro já começou.  …

Fala, Atleticano

Mais do mesmo

Não consigo ver futuro no futebol que o meu time está praticando. Ou seja, não está jogando nada já faz um bom tempo. Vejamos: zagueiro…

Fala, Atleticano

Reflexões…

Após a Derrota contra o Fluminense… Nosso “DT” Felipão, implorou pelo apoio da torcida no jogo de quarta, pois é “vida ou morte”… O Atlhetico…

Fala, Atleticano

Nunca foi unanimidade

Nunca ele foi unanimidade perante a torcida do CAP, o “queridinho” do Petraglia, só conseguiu um destaque em 2018, sob a batuta do Thiago Nunes,…