9 jan 2007 - 14h10

Atlético pode fechar parceria com a Ponte Preta

O Atlético Paranaense está próximo de fechar uma parceria com a Ponte Preta de Campinas para o intercâmbio de atletas. Por enquanto tudo se encontra na informalidade, ainda não existe uma data para que a parceria seja formalizada. Porém, a expectativa é de que a parceria dê bons frutos aos dois clubes. "Estamos pensando em algo maior para o futuro. O Atlético tem uma excelente estrutura e, trabalhando juntos, tudo ficará mais fácil para todos. Eu e o presidente (Sergio Carnielli) estaremos em Curitiba nos próximos dias para conversar com o pessoal de lá e conhecer melhor a estrutura", revelou o diretor de futebol da Ponte, Sebastião Arcanjo.

A vinda do lateral direito Nei no início de janeiro, com o Furacão adquirindo 60% dos seus direitos federativos (40% continua em poder dos campineiros) numa negociação que culminou na ida do meia Castor para Campinas, pode ter sido a porta de entrada no CT do Caju para novas revelações que surjam na equipe alvinegra.

Segundo o diretor da Ponte, a decisão atleticana de dividir o plantel em duas equipes para a disputa do Campeonato Paranaense e Copa do Brasil no primeiro semestre gera uma expectativa grande para o aproveitamento dos atletas que não sejam integrados à equipe que disputará o Brasileiro e a Sulamericana pelo Rubro-negro no segundo semestre.

“O Atlético formou dois times para a disputa das competições do primeiro semestre. São mais de 40 atletas. Quando o Brasileirão começar, alguns ficarão em disponibilidade. Por isso, a gente pensa que pode receber atletas que se encaixarem no perfil para a disputa da Série B. Em troca, podemos ceder alguns do que se destacarem pela Ponte no Paulista. É um acordo bom para os dois lados”, disse.

Parcerias em Campinas

A parceria do Atlético com o futebol de Campinas não é novidade na cidade. Em 2005, o Furacão firmou uma parceria com o Guarani, trazendo para o CT do Caju o zagueiro Paulo André. Além dele, outras revelações do time campineiro desembarcara no CT do Caju, como o zagueiro João Leonardo e o meia Netinho (reintegrado ao plantel principal depois de ter sido emprestado ao Náutico em 2006). Nomes como o zagueiro Simão, o volante André Conceição, o atacante Jonatas e o meia Simão também vieram do Guarani ao Furacão devido à parceria entre os clubes.

Além do Guarani, o Atlético mantém parcerias com outras equipes do futebol brasileiro, como o Ceará e o Sport Recife.

Fonte: Agência Anhangüera



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Era uma vez…..

…. um time que vencia mas não convencia. Um time que tinha alguns padrões bem definidos e que quase sempre se repetiam jogo após jogo:…