30 jan 2007 - 10h40

Projeto prevê a inclusão do torcedor de baixa renda

Durante a entrevista coletiva realizada na noite de ontem no hotel Four Point Sheraton, o presidente do Conselho Deliberativo Mário Celso Petraglia tocou num tema que chamou a atenção: pela primeira vez desde que assumiu, há 12 anos, o dirigente falou sobre a possibilidade de inclusão do torcedor de baixa renda no clube.

Segundo Petraglia, o momento de elitização já passou. "Está chegando a hora de buscarmos a inclusão. E vamos buscá-la. Não podemos pensar só no rico, há que se olhar para a base da pirâmide. Infelizmente, estamos numa realidade em que o pobre, no Brasil, não tem dinheiro nem para a passagem. Essa é nossa realidade, estamos na América Latina."

Petraglia não explicitou que medidas serão tomadas neste sentido e nem quando serão implantadas. "Trabalhamos com o longo prazo. A primeira fase do nosso projeto levou 10 anos. E este processo (de inclusão) é um longo caminho a ser percorrido. Mas sabemos que está chegando o momento de viabilizar isso. Ninguém nunca quis excluir essa maioria. Por outro lado, não podemos aviltar o preço porque os custos são altos. Temos que ser inteligentes para alcançar este objetivo e vamos alcançar. Podem esperar".



Últimas Notícias