5 mar 2007 - 7h59

Manchetes atleticanas desta segunda-feira

Atrevido, Atlético vence o Paraná por 3 a 0 em plena Vila Capanema
O Atlético não se fez de rogado e em plena Vila Capanema venceu o Paraná por 3 a 0 pela 13.ª rodada do Campeonato Paranaense. Levando em conta toda a tensão inerente a um clássico de futebol, o Tricolor não conseguiu controlar as emoções e, nervoso em campo, sucumbiu à tranqüilidade do Atlético. O placar foi justo e premiou quem soube aproveitar as oportunidades criadas. Denis Marques, por duas vezes, e Ferreira, marcaram os gols do Atlético.

 

Atlético leva a melhor no duelo contra o Paraná
O Atlético ensinou ontem como pregar um peça. Malandro, o Rubro-Negro esperou o ímpeto do Paraná e explorou os contragolpes para marcar todos os gols da imponente vitória por 3 a 0, com dois de Denis Marques e um de Ferreira.

 

Veloz, Atlético passeia na Vila Capanema
O Atlético foi à Vila Capanema e jogou como se estivesse em casa. Ganhou do Paraná Clube por 3 a 0, pela 13ª rodada do Campeonato Paranaense. Com o resultado, subiu para a 4ª colocação no Estadual, com 22 pontos, e só precisa de três pontos nas duas rodadas restantes para consolidar a classificação à próxima fase.
Já o Paraná, que iniciou a rodada como a melhor equipe entre as três de Curitiba, caiu para 6º lugar, com 21 pontos — atrás também do Coritiba.

 

Furacão goleia o Paraná por 3 a 0
Ao som de "Recordar é viver, Denis Marques acabou com você", a torcida do Atlético-PR deixou o Estádio Durival Brito feliz da vida com mais uma vitória da equipe no Campeonato Parananese. Com excelente atuação do atacante, que marcou dois gols, o Furacão venceu o clássico contra o Paraná por 3 a 0 e chegou à quarta colocação, com 22 pontos, ultrapassando o rival, sexto com 21.

 

Atlético passa fácil pelo Paraná Clube
Em partida que passou longe de apresentar bom nível técnico, o Atlético soube utilizar o contra-ataque e venceu o Paraná pelo folgado placar de 3 a 0. Marcando forte a saída de bola Tricolor, o Furacão roubou várias bolas e só não conseguiu uma vantagem ainda maior porque Alex Mineiro e Rogério Côrrea perderam ao menos outras três chances claras de gols.

 


Últimas Notícias

Brasileirão A1|Opinião

NEM 8, E NEM 80

O título do que será relatado abaixo, resume muito o sentimento desse ilustre torcedor quem vos escreve.   Na noite de ontem o Furacão entrou…