7 mar 2007 - 23h44

Yankees, go home!

Rodada dupla, ingressos promocionais e um amistoso internacional. Diversos motivos para uma noite de festas na Baixada. No entanto, os conflitos verbais entre a própria torcida rubro-negra mancharam o espetáculo. Momentos antes da partida começar, a torcida organizada Os Fanáticos começou a protestar e os torcedores do setor Getúlio Vargas repudiaram e passaram a retribuir as ofensas.

Depois de vários minutos de provocações das duas partes, os integrantes da Fanáticos decidiram abandonar a Kyocera Arena. Enquanto isso, os torcedores da Getúlio Vargas, que cantavam provocando a organizada, pararam de apoiar o time da mesma forma qua ndo estavam tentando atingir a Fanáticos. Uma pena verificar tamanha desunião na maior torcida do futebol paranaense.

Dentro de campo, os jogadores do Furacão não encararam a partida como um amistoso. O rubro-negro partiu para cima dos estadunidenses com força total. Contudo, o gol atleticano saiu aos 11 minutos na falha do Dallas. Denis Marques aproveitou o rebote e de cabeça abriu o placar.

O atacante continuou dando trabalho e pouco depois foi derrubado dentro da área por Drew Moore quando estava prestes a concluir para o gol. Alex Mineiro bateu bem a penalidade, no canto esquerdo do goleiro, e aumentou o marcador.

Ritmo lento no segundo tempo

O jogo passou a ter cara de amistoso apenas na segunda etapa. Os dois times reduziram a marcha e o nível do futebol caiu. Aos cinco minutos foi a vez do Dallas marcar seu gol. Ramon Nunez aproveitou o cruzamento de Juan Carlos Toja e escorou para o fundo da rede de Cléber.

Mesmo assim, o Atlético teve a chance para ampliar logo em seguida num pênalti sofrido por Evandro. Alex Mineiro bateu de forma bisonha no meio do gol, sem dificuldades para o goleiro Dario Sala defender. Com as diversas substituições feitas pelos dois treinadores, o Atlético voltou a dominar a partida. E após escanteio cobrado por Evandro, o zagueiro Danilo subiu mais alto e testou para marcar o terceiro gol do Furacão.

Nos minutos finais, a torcida atleticana pôde rever o ídolo Paulo Rink em campo e também aproveitou para hostilizar Dagoberto, que quando tocava a bola era vaiado pelos torcedores. O colombiano Dayro Moreno fez a sua estréia com a camisa rubro-negra. Resultado positivo dentro de campo, porém um conflito na torcida que provavelmente não será encerrado facilmente.

%ficha=548%



Últimas Notícias

Hugo Moura comemora golaço marcado na Arena

Brasileiro

Volte sempre, meu vice

Na Arena da Baixada, Athletico 4 x 2 RB Bragantino. O Athletico entrou em campo com um time bastante modificado, poupando jogadores para o confronto…