30 abr 2007 - 12h49

Paulo Rink decide se aposentar

O atleticano Paulo Roberto Rink, 34 anos, encerrou sua carreira de jogador profissional de futebol. Foram 17 anos dedicados ao esporte, a maior parte deles ao Clube Atlético Paranaense. Rink iniciou sua carreira nas categorias de base do Atlético, numa época em que dificilmente o clube conseguia revelar jogadores para o time profissional. Seu estilo impetuoso gerou certa desconfiança no início. Para vencer os críticos, foi preciso marcar muitos gols no Campeonato Catarinense.

A trajetória de Paulo Rink no Atlético começou a mudar em 1995, ano em que o clube passou por uma verdadeira revolução capitaneada pelo empresário Mario Celso Petralia. Ao lado de Oséas, Paulo formou um dos ataques mais celebrados da história do Rubro-Negro. A equipe foi campeã brasileira da Série B e conseguiu o acesso para a Primeira Divisão.

Negociado com o Bayer Leverkusen em 1996, Paulo Rink naturalizou-se alemão e foi o primeiro jogador nascido no Brasil a vestir a camisa da tradicional seleção alemã. Durante uma década, jogou em clubes da Alemanha, Holanda, Coréia do Sul e Chipre. Atendendo a um convite de Petraglia, retornou ao Atlético no segundo semestre de 2006. Foi um líder importante de um time que passava por uma situação delicada no Campeonato Brasileiro e colaborou com a boa campanha na Copa Sul-Americana.

Todos sabiam que Paulo Rink tinha o projeto de encerrar a carreira vestindo a camisa rubro-negra. A idéia original era deixar os gramados em junho, ao final do contrato assinado no ano passado. Contudo, os planos foram alterados neste início de ano e Paulo resolveu pendurar as chuteiras um pouco mais cedo. Ele deixa os gramados, mas continua com seu nome gravado na história do clube. Com 80 gols marcados, Paulo Rink é o sétimo maior artilheiro do Atlético e um dos jogadores mais queridos da torcida ao longo de mais de 80 anos de existência.

Despedida

Para comemorar esta importante data, o atacante promoverá um jogo de despedida. A partida entre os amigos de Paulo Rink e o Atlético Paranaense será disputada no dia 24 de maio, uma quinta-feira, na Kyocera Arena. De acordo com nota divulgada no site oficial do Atlético, a equipe dos amigos de Paulo contará com vários astros internacionais, especialmente da Alemanha, onde ele atuou por vários anos.

Futuro

Prestes a completar 34 anos, Paulo Rink decidiu que iniciará uma nova carreira. Ele continuará ajudando ao Atlético, mas agora numa função empresarial, atuando como manager. "A minha nova carreira acho que mesmo jogando já ajudava vários jogadores a passar informação, tentar não falar demais, passar a informação correta das pessoas e agora começar aqui com o Atlético uma parceria de trabalho, de lidar com a parte empresarial, tentar fazer o manager. Para mim é um desafio novo que eu vou me dedicar ao máximo em cumprir, tentar com afinco, começar a trabalhar não com muita gente, mas trabalhar sério", afirmou ele em entrevista ao site oficial.

Nesta nova empreitada, Rink terá todo o apoio do Furacão. "Cuidar da vida de jogadores, trabalhar esse lado também para mim é um aprendizado a cada dia e é uma coisa que eu acho que eu tenho noção para fazer, eu posso passar experiências, eu já passei por isso, então eu posso mostrar para as pessoas pela minha convivência o que foi, dando exemplos positivos, falando a verdade o que pode acontecer de positivo", observou.

Carreira

Quando criança, Paulo Rink jogava futsal e era goleiro. Antes de se profissionalizar, ele chegou a cursar a Faculdade de Educação Física. Trancou o curso no terceiro ano em virtude dos compromissos com a bola. Pelo Atlético, foi campeão paranaense em 1990 e do Campeonato Brasileiro da Série B em 1995. Clique aqui para saber mais sobre a história de Rink no Furacão.



Últimas Notícias