14 maio 2007 - 0h03

Alex Mineiro, cada vez mais ídolo

Símbolo do maior título da história do Atlético, ídolo da torcida rubro-negra, goleador, matador, artilheiro, atacante, herói. São vários os adjetivos quando está em jogo o nome de Alexander Pereira Cardoso, ou melhor, o nosso craque Alex Mineiro. Sinônimo de raça, dedicação e muitos, muitos gols. E foi com estas características que o jogador mostrou na estréia atleticana pelo Campeonato Brasileiro 2007, que muitas alegrias ainda estão por vir. Já na primeira rodada, contra o Figueirense, o atacante marcou dois gols, fazendo valer a expressão popular que diz que "a bola procura o craque."

Desde que retornou ao Atlético no início desta temporada, Alex Mineiro já balançou as redes adversárias 22 vezes: foram 17 gols no Campeonato Paranaense, dois assinalados na Copa do Brasil e um marcado no amistoso contra o Dallas, além dos dois tentos frente o time catarinense. A cada jogo, ele ratifica sua posição de ídolo da torcida atleticana e de jogador histórico para o clube.

Dia inspirado

Alex Mineiro largou o Brasileirão logo com dois gols. O primeiro saiu aos 10 minutos do segundo tempo, quando o Atlético já vencia o Figueirense por 3 a 1. Depois de uma bola vinda do campo atleticano, a zaga do Figueirense falhou e Alex Mineiro só teve o trabalho de encobrir Wilson. Novamente aos 35, o atacante recebeu ótimo passe de Ferreira e chutou no cantinho do goleiro catarinense.

Provando mais uma vez que poderá gravar seu nome na vida dos atleticanos, o atacante ganhou elogios do técnico Vadão, durante a coletiva de imprensa: "Ele representa tudo no Atlético. Ele finaliza, prepara, protege, não é um jogador grande e forte, mas ninguém toma a bola dele. A maioria das vezes ele encosta no beque, é inteligente, usa o corpo, não usa a força para girar e dominar. É um jogador completo." A opinião foi compartilhada pelo companheiro de ataque, o jovem Pedro Oldoni. "Jogar com o Alex facilita bastante, ele é gênio mesmo, todo mundo sabe disso, da grande qualidade que ele tem. Tenho certeza que vou crescer muito jogando ao lado dele, pois sempre surgem mais oportunidades."

A opinião do craque

Depois de contribuir para a boa estréia do Atlético no Brasileirão, o atacante participou da coletiva aos profissionais da imprensa e comentou sobre a atuação e os erros da equipe atleticana, a importância da presença da diretoria atleticana durante as preleções, a busca pela artilharia da competição e a permanência no clube. Ele ressaltou que não gosta de muitas transferências e de permanecer poucos meses em um clube. Por isso, revelou que pretende cumprir seu contrato com o Furacão até o final desta temporada e lutar pela artilharia do Brasileirão – lembrando que ficou a apenas quatro gols de Romário em 2001.

Confira as principais declarações do matador:

O JOGO
"Soubemos aproveitar bem as oportunidades e isso foi um fator importante. Acertamos nossos contra-ataques, principalmente com o Evandro e o Ferreira fazendo as ligações. Tivemos a sorte de fazer gols no momento certo. Destaco a determinação de todos, pois toda a equipe se empenhou nesta vitória, pois a gente sabia que íamos ser muito cobrados pela eliminação na Copa do Brasil, ainda mais por sabermos que poderíamos ter saído com a classificação."

ATUAÇÃO
"Fico feliz porque o meu trabalho está sendo reconhecido. Trabalho muito durante a semana para chegar no jogo e estar bem fisicamente e tecnicamente, para dar o melhor. Hoje felizmente consegui contribuir com a equipe fazendo dois gols e dando alguns passes para os meus companheiros melhores colocados. Estou muito feliz com essa vitória e com a minha atuação, porque eu trabalho para ter esse reconhecimento, tanto do torcedor quanto da imprensa. Felizmente nessa temporada estou conquistando vários prêmios como o melhor em campo e vou continuar trabalhando para melhorar ainda mais."

ERROS
"Temos que corrigir nossas falhas para continuarmos fazendo gols e vencendo sempre. Nossa equipe não pode tomar três gols, não podemos sofrer nenhum para manter a regularidade. Acho que no primeiro nós estávamaos desligados e no segundo tempo também tivemos alguns momentos de desatenção. Nossa equipe é grande, se tornou um dos maiores clubes do país, por isso precisamos vencer tanto dentro de casa quanto fora."

REUNIÃO
"A reunião com a comissão técnica é sempre válida, ainda mais depois do resultado negativo contra o Fluminense. Jogar com 10 naquela situação foi difícil, sabíamos que era uma equipe qualificada… saímos chateados pois agente sabia que poderíamos sair com a classificação. Mas hoje fizemos um grande jogo, fomos felizes nas finalizações e conquistamos um bom resultado."

TORCIDA
"Esta vitória recuperou a nossa auto-estima e serviu para trazer a confiança do torcedor, pois necessitamos deles nessa caminhada de 38 jogos pela frente. Temos que dar o máximo em todas as partidas e somar pontos para os nossos objetivos."

CONTRATO
"Tenho contrato até 31 de dezembro e o meu objetivo é permanecer, espero poder cumpri-lo. Me sinto bem no Atlético e realizado por estar de volta porque é uma equipe que devo muito. Muita coisa que hoje eu tenho foi o Atlético que abriu o caminho e as portas. Sou muito feliz aqui e só tenho que retribuir dentro de campo."

EQUIPE
"Cada setor precisa dar o seu melhor para que haja um crescimento total, para igualar o nível dos jogadores. Acho que é sempre importante cada jogador, na sua posição, dar o melhor de si, pois só assim vamos chegar à Libertadores e brigar pelo título."

ARTILHARIA
"Vou tentar buscar a artilharia sim porque tenho qualidade pra isso. Temos um dos melhores ataques na atualidade do Brasileiro e eu vou fazer de tudo em todas as partidas, vou me dedicar ao máximo, aprimorar a minha técnica para ter a oportunidade de conquistar essa artilharia. Em 2001 eu fiquei próximo, fiz 17 gols e o Romário 21, então é uma oportunidade boa. Vejo alguns bons concorrentes, mas acho que dá pra chegar."

PEDRO OLDONI
"Facilita o meu trabalho jogar com um jogador só na frente. O Pedro me dá uma referência boa de colocação dentro da área e isso hoje facilitou o jogo, aproveitamos bem os momentos."



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vale vaga na final

Depois do empate em dois gols entre Athletico e Flamengo pela partida de ida das semifinais da Copa do Brasil 2021, as equipes tiveram resultados…

Brasileiro

Cuidado!

  Foco na competição: No Brasileirão o Athletico ainda tem 11 jogos para disputar, o equivalente 33 pontos. Seis jogos em casa, cinco jogos fora.…