14 maio 2007 - 0h41

Conmebol define tabela da primeira fase dia 22

A Confederação Sul-Americana de Futebol define no próximo dia 22 de maio a tabela da primeira fase da Copa Nissan Sul-Americana 2007. Único representante do futebol paranaense na competição, o Atlético é um dos oito clubes brasileiros que participam do campeonato este ano. A definição da tabela da primeira fase será no dia 22 de maio, às 11 horas, em Buenos Aires, na Argentina.

O Atlético conquistou o direito de disputar a Sul-Americana 2007 por ter terminado o Brasileiro do ano passado na 13ª colocação, garantindo a última vaga do Brasil no torneio. Além do Atlético, participam da Sul-Americana os seguintes clubes brasileiros: São Paulo, Vasco, Figueirense, Goiás, Corinthians Cruzeiro e Botafogo. Vale lembrar que o critério adotado pela CBF para classificar os clubes para a competição é: o campeão brasileiro do ano anterior e mais do 7º ao 13º colocado no Brasileirão.

No total, incluindo as fases preliminares, participam da Copa Sul-Americana 34 equipes de nove países. Além dos brasileiros, já estão garantidos no campeonato: Boca Juniors, River Plate e Estudiantes (Argentina); Jorge Wilstermann e Real Potosí (Bolívia); Atlético Nacional e Millonarios (Colômbia); El Nacional (Equador); Libertad e Tacuary (Paraguai); Coronel Bolognesi e Universitario (Peru); Zamora FC e Carabobo (Venezuela); Pachuca (atual campeão) e Chivas Guadalajara (México).

Furacão na Sul-Americana

O Atlético é, sem dúvidas, o melhor clube paranaense em competições organizadas pela Conmebol. Até hoje, em sua história, o clube já disputou quatro campeonatos oficiais internacionais: três Libertadores (em 2000, 2002 e 2005) e uma Sul-Americana (2006). O desempenho atleticano é muito bom: em 2005 foi finalista da Libertadores e ano passado chegou às semifinais da Sul-Americana (em 2000 chegou à segunda fase da Libertadores e em 2002 não passou da primeira fase na competição).

Em sua primeira participação na Copa Sul-Americana no ano passado, o Atlético chegou à semifinal do torneio, quando foi eliminado pelo mexicano Pachuca, que acabou conquistando o título da competição. Para chegar à semifinal, o Rubro-negro eliminou o Paraná Clube na primeira fase (3 a 1 no Pinheirão e 1 a 0 na Kyocera Arena), River Plate (1 a 0 no Monumental de Nuñez e 2 a 2 na Arena) e Nacional (2 a 1 no Centenário e 4 a 1 na Arena). Chegando invicto na semifinal, o Rubro-negro conheceu duas derrotas então para o Pachuca: 1 a 0 na Baixada e 4 a 1 no estádio Hidalgo.

O futebol brasileiro jamais conquistou um título da Copa Sul-Americana. A competição começou a ser disputada em 2002 e teve como campeões os seguintes clubes: San Lorenzo (2002), Cienciano (2003), Boca Juniors (2004 e 2005) e Pachuca (2006).



Últimas Notícias

Notícias

Raio X: Penarol

Retrospecto, Nikão e bola na rede. Essas são as apostas do Furacão para garantir vaga na final da Sulamericana 2021. O Athletico é o único…