27 maio 2007 - 18h46

Vadão comenta a iminente saída de Marcão

O técnico Vadão comentou na entrevista coletiva concedida após à derrota para o Santos a provável saída do zagueiro Marcão. O jogador recebeu uma proposta do Internacional e se despediu da torcida depois do jogo deste domingo. Vadão admitiu que sabe da negociação, mas evitou tratar do assunto como fato consumado. "Oficialmente, o clube não me comunicou nada. Eu digo que não há nada oficial, não que eu não saiba. Eu digo que não há nada oficial. O Marcão é um grande comandante lá atrás, é o jogador que organiza, que empurra o time, que comanda. Claro que vai deixar uma lacuna, mas há outros jogadores jovens que podem suprir esta saída", afirmou o treinador.

Marcão é titular da equipe desde seu retorno ao Atlético, no início deste ano. Com a perda do atleta, o técnico deverá escolher entre Rogério Corrêa e João Leonardo para formar a dupla de zaga titular ao lado do capitão Danilo. Rogério é mais experiente, mas não jogou bem nas partidas em que entrou neste ano. João Leonardo foi titular com Vadão no ano passado e ficou no banco de reservas na partida deste domingo.

Além dos dois, Vadão também confirmou que o Furacão trará um jogador para suprir a saída de Marcão. "Se ocorrer mesmo a negociação, vai vir um jogador mais jovem, de boa qualidade. O futebol de hoje é assim mesmo, a negociação de jogadores é algo que acontece e temos de nos adaptar", observou. O jogador a que Vadão se referiu é o zagueiro Rafael Santos, de 22 anos. Ele foi comandado pelo técnico na Ponte Preta e foi contratado pelo Inter neste ano. O clube gaúcho está disposto a ceder Rafael para poder contar com Marcão.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Obrigado, Alberto!

Alguns vão julgar, “Cedo demais”… Mas para mim, já Deu!!!! Alberto Valentim: O LATERAL DIREITO, jamais será esquecido e estará entre os maiores camisas 2…