28 maio 2007 - 12h55

Fifa orienta modernização de estádios

Em seu site oficial, a Fifa disponibiliza um documento que orienta clubes e investidores interessados em reformular estádios de futebol de todo o mundo, com conceitos e padrões aprovados pela entidade. É o “Caderno de recomendações da Fifa para modernização de estádios”, documento que servirá de base para a avaliação da Kyocera Arena, caso o estádio seja a opção paranaense para receber jogos da Copa do Mundo de 2014.

Segue abaixo a tradução dos itens mais relevantes do caderno de recomendações da Fifa. O material completo está disponível no site oficial da Fifa.

Item 6 – Normas gerais de segurança e comodidade em um estádio moderno

Item 6.1 – Segurança
O requisito indispensável a ser cumprido é que o estádio deverá representar um lugar seguro para todos seus usuários, sejam estes torcedores, jogadores e atletas que participarão da partida, funcionários do clube, empresa ou responsável pelo evento, representantes dos meios de comunicação e outras pessoas que estejam cadastradas para trabalhar no local.

Item 6.2 – Comodidade
Um estádio moderno deverá oferecer as seguintes comodidades aos seus visitantes:
a) Teto: Para os locais com clima frio e chuvoso ou com muito sol e calor é recomendado um teto que proteja os torcedores de uma forma agradável e satisfatória.
b) Cadeiras: Todos os torcedores deverão estar sentados ou devidamente acomodados. As cadeiras deverão ser individuais, estarem presas a arquibancada, possuir uma forma confortável e assento alto o suficiente para o apoio das costas. Além disso todas as cadeiras deverão estar numeradas de uma forma que possam ser identificadas de uma forma clara e fácil. A identificação das filas deve estar sinalizada de forma clara nos corredores. Como regra geral o mais importante é a segurança e o conforto dos torcedores, para isso o estilo e a forma das cadeiras são fundamentais. De forma alguma deve se admitir setores de pé.
c) Banheiros: Deverão existir banheiros suficientes para ambos os sexos tanto no interior como no exterior do estádio. Os banheiros devem estar equipados com um lavabo, água quente e fria, toalhas ou secadores de mãos automáticos, além disso devem estar limpos durante todo o acontecimento.
d) Lanchonetes: As lanchonetes devem ser limpas, atrativas e de fácil acesso. Devem estar distribuídas de forma igual para todo o estádio para que nenhum setor fique sem esse serviço. Ainda é recomendado que as lojas instalem televisores para que os torcedores não percam nenhum instante do evento.
e) Salão de eventos: Atualmente é muito comum em muitas partes do mundo incluir uma infraestrutura do tipo salão de eventos, com um recinto aconchegante, com capacidade para receber centenas de pessoas com vista panorâmica para o gramado.

Item 7 – Comunicação com o público fora e dentro do estádio

Item 7.1 – Sinalização nos ingressos
Todas as sinalizações fora e dentro do estádio deverão apresentar-se mediante a escrita internacionalmente compreensível. Deve se tomar como princípio que os usuários do estádio não compreendem o idioma local. Devem ser instaladas sinalizações claras e compreensíveis em todo o estádio, assim como em locais próximos para indicar o melhor caminho para os setores.

Item 7.2 – Sistema de som
É essencial que os organizadores do evento e as autoridades policiais possam se comunicar com os torcedores fora e dentro de campo por intermédio de um sistema de som suficiente potente e confiável.
Para tal um sistema deverá ter:
a) Ter instalado na sua central de som uma cabine que possua um vista clara de todo o estádio
b) Ser capaz de dirigir mensagens independentes a cada setor do estádio
c) Ser capaz de aumentar o volume do som automaticamente a fim de garantir que as mensagens sejam sempre ouvidas por parte dos torcedores
d) Ter um sistema que permita ao responsável pela segurança do estádio interferir no sistema de som em caso de situações de emergência
e) Ter um gerador próprio e independente de energia elétrica que permita que o sistema permaneça ativo em caso de pane.

Item 7.3 – Placar Eletrônico e TV’s
É inusitado hoje em dia encontrar um estádio moderno que não possua algum tipo de comunicação com seus torcedores por intermédio de placares eletrônicos, estes que indicam o placar do jogo, os artilheiros, cartões amarelo e vermelho, público e renda da partida e outras informações relevantes ao torcedor.
Por sua vez alguns estádios possuem televisores espalhados pelo seu interior que permitem os espectadores não perder nenhum lance do jogo. Esse sistema é muito sofisticado mas o seu custo é muito alto.

Item 7.4 – Telefones públicos
Tanto no interior como no exterior do estádio deverão ser instalados telefones públicos.

Item 8 – A área externa ao gramado e o campo de jogo

Item 8.1 – Dimensões recomendadas para o campo de jogo e para a externa ao gramado
As dimensões externas ao gramado recomendadas são de 120 metros de comprimento por 80 metros de largura.
Para o campo de jogo as medidas oficiais exigidas pela FIFA são: 105 metros de comprimento por 68 metros de largura.

Item 8.2 – Área de serviço ao redor à área externa ao gramado
Faz-se necessária à abertura de um corredor que facilite a entrada de ambulâncias ou outros tipos de automóveis para a rápida locomoção das pessoas em caso de emergência.

Item 8.3 – Distâncias mínimas das linhas laterais e linhas de fundo
Para as linhas que limitam o campo de jogo a FIFA recomenda as seguintes distâncias:
Linhas laterais: 6 metros
Linhas de fundo: 7,5 metros

Item 8.4 – Linhas de marcação do campo de jogo
Nos estádios em que não se podem manter as distâncias recomendadas no item 8.3, deverá existir uma área de grama plantada de 1,5 metros de largura desde as linhas que demarcam o campo até o fosso.

Item 8.5 – Drenagem
Todo o campo de jogo deverá possuir um sistema de drenagem eficiente capaz de garantir a realização da partida em caso de inundações.

Item 11 – Acesso dos jogadores e juizes das partidas aos vestiários
Deverá existir uma área privada e protegida onde possam entrar os ônibus e automóveis das delegações sem que eles corram o risco de se encontrar com torcedores, com repórteres e pessoas não autorizadas.

Item 12 – Vestiários para as equipes
Localização: Devem ter um acesso direto ao campo de jogo e ser inacessíveis ao público e aos jornalistas.
Quantidade: 2 vestiários separados, número recomendado 4 vestiários.
Área Mínima: 150 m2
Equipamentos: 3 mesas de massagem; bancos para no mínimo 25 pessoas; armários para pelo menos 25 pessoas; 1 refrigerador; 1 quadro para instruções e 1 telefone com linhas externa e interna.

Item 13 – Vestiários para os árbitros
Localização: Devem ser separados dos vestiários das equipes, devem ter acesso direto e com proteção para o campo de jogo e devem ser inacessíveis ao público e aos jornalistas.
Área Mínima: 40 m2
Equipamentos: 1 mesa de massagem, 1 mesa com 2 cadeiras, 4 cadeiras ou banco para 4 pessoas; armários para pelo menos 4 pessoas; 1 refrigerador; 1 quadro para instruções e 1 telefone com linhas externa e interna.

Item 14 – Sala para exames médicos de jogadores e árbitros
Localização: O mais próximo possível dos vestiários, suas portas devem ter a largura adequada para que passem por elas macas e cadeiras de roda.
Área Mínima: 24 m2
Equipamentos: 1 cama para exames médicos, 2 macas, 1 lavabo (com água quente), 1 mala de primeiros socorros, 1 máscara de oxigênio e 1 telefone com linhas externa e interna.

Item 15 – Sala para o delegado da partida
Localização: O mais próximo possível dos vestiários das equipes e do árbitro e se com conexão para a sala de arbitragem.
Área Mínima: 16 m2
Equipamentos: 1 escrivaninha, 3 cadeiras, 1 guarda-roupa, 1 banheiro com chuveiro e espelho, 1 telefone com linhas externa e interna, 1 fax, 1 máquina de xérox e 1 televisor

Item 16 – Sala para exame antidoping
Localização: O mais próximo possível dos vestiários das equipes e do árbitro e sem acesso ao público e aos meios de comunicação.
Área Mínima: 20 m2 (Incluindo: banheiro, sala de coleta e sala de espera)
A sala antidoping deve conter 3 ambientes distintos: Sala de coleta, banheiro e a sala de espera.

Item 17 – Área de Aquecimento
Localização: O mais próximo possível dos vestiários das equipes
Quantidade: 2 (uma para cada equipe)
Área Mínima: 100 m2

Item 19 – Sinalização nos vestiários
Nos corredores de acesso aos vestiários a sinalização deve ser o mais clara e específica possível , como por exemplo:
Vestiário do time local
Vestiário do time visitante
Vestiário da arbitragem
Sala do delegado da partida
Sala antidoping

Item 23 – Área do público
Para organizar partidas de alto nível será necessária uma capacidade de 50000 lugares ou mais. Para a Copa do Mundo da FIFA é recomendado 60000 ou mais lugares.
A cidade que quiser concorrer a uma das sedes da Copa do Mundo tem que possuir uma ótima rede hoteleira, conexão com aeroportos internacionais, capacidade e experiência para organizar um evento como tal.
Setorização: O estádio deverá ser dividido em no mínimo quatro setores, cada qual com sua entrada própria, lanchonetes e banheiros, assim como outros serviços necessários.

Item 24 – Torcedores incapacitados ou portadores de deficiência
Todos os estádios deverão tomar medidas necessárias para acomodar de forma segura e confortável os torcedores portadores de deficiências ou incapacitados, incluindo boa visão, rampa para cadeira de rodas, banheiros e locais para assistência.

Item 25 – Instalações para os meios de comunicação
As instalações destinadas aos meios de comunicação devem considerar a necessidade de cada evento esportivo realizado. A área onde ficarão os jornalistas deve ser coberta e localizada próximas aos vestiários das equipes.

Item 25.1 – Acessos aos jornalistas e representantes dos meios de comunicação
Deve haver uma entrada específica para as pessoas que trabalham nos meios de comunicação com uma recepção para que sejam retiradas as credenciais dos profissionais que ainda não as retiraram.

Item 27 – Iluminação e gerador de corrente elétrica
Para todas as partidas de alto nível disputadas a noite, o gramado deverá estar uniformemente iluminado com uma intensidade que garanta uma visão clara de todos os jogadores e árbitros da partida e dos torcedores e que permita uma perfeita transmissão por parte da televisão.
Para assegurar isso o estádio deve possuir geradores de energia independentes um dos outros.

Item 28 – Estacionamentos
Item 28.1 – Polícia, bombeiros, serviços de emergência e portadores de deficiência
Devem ser previstos estacionamentos próximos ao estádio ou dentro dele mesmo para os carros da polícia, dos bombeiros, ambulâncias e para os veículos dos portadores de deficiência.

Item 28.2 – Equipes, árbitros e funcionários oficiais
O estacionamento deve conter espaço mínimo para pelo menos 2 ônibus e 10 automóveis e que não possuam contato com o público.

Item 28.4 – Para os meios de comunicação
Para todos os profissionais que trabalham nos meios de comunicação deve haver um estacionamento o mais próximo possível do seu local de trabalho e longe do público.

Item 28.6 – Para o público em geral
O ideal seria que todos os lugares de estacionamento se encontrassem perto do estádio para que os torcedores entrem diretamente ao local do evento. Como regra geral, um estádio com capacidade para 60000 espectadores deve ter um estacionamento para 10000 veículos, ou seja, em torno de 16% da capacidade total de torcedores deve ser a capacidade do estacionamento.
É essencial que a entrada e a saída dos estacionamentos sejam rápidos e fluam de forma a garantir que não ocorram engarrafamentos nas imediações do estádio.

Item 29 – Comunicação
O estádio deverá ter uma central de telefônica com um dispositivo para gravar todas as chamadas que entrarem durante o espetáculo. Telefones públicos também devem ser instalados em todos os setores do estádio.

Item 30 – Sistema de vigilância por televisão
Um estádio moderno deverá estar equipado em seu interior e exterior com câmeras de televisão para a vigilância do público, montadas em posições fixas, mas capazes de ser rotacionadas para um melhor alcance da imagem.

Item 32 – Venda de ingressos
Dependendo do tipo do evento o estádio poderá oferecer a venda de ingressos nas suas próprias bilheterias, caso contrário, os ingressos deverão ser comercializados pelas empresas organizadoras do evento.



Últimas Notícias