2 jun 2007 - 21h08

Domingos Viana marcou pênalti aos 47 do segundo

O árbitro Domingos de Jesus Viana Filho, da Federação Paraense de Futebol, marcou um pênalti para o Atlético Mineiro aos 47 minutos do segundo tempo do jogo contra o Atlético, neste sábado à noite no Estádio do Mineirão. O Furacão havia empatado o jogo minutos antes e estava mais próximo de marcar o segundo gol. Porém, Viana Filho marcou um pênalti discutível a poucos segundos do final da partida.

Depois de uma chance desperdiçada pelo Galo mineiro na área do Rubro-Negro, o zagueiro Danilo fez o corte e mandou a bola para linha de fundo. O meia Tchô se atirou na disputa de bola. Surpreendentemente, Viana Filho marcou pênalti para o time da casa. Todos os jogadores do Furacão reclamaram indignados da anotação. Do banco de reservas, a comissão técnica do Rubro-Negro comparou Viana a Carlos Eugenio Simon, que recentemente cometeu uma falha clamorosa em um jogo do Botafogo contra o Atlético-MG.

O lateral-direita Coelho bateu o pênalti na trave, o que impediu que o erro da arbitragem cometesse uma injustiça contra o Atlético Paranaense. "Foi um choque normal. Mas pênalti que não é, bate na trave e vai para fora", comentou Danilo.

Repercussão

O equívoco do paraense Domingos de Jesus Viana Filho repercutiu na imprensa nacional. "Mesmo que Coelho tenha perdido um pênalti em seguida, ao batê-lo na trave, porque a penalidade foi uma invenção da arbitragem", atestou o comentarista Juca Kfouri em seu blog.



Últimas Notícias

Notícias

Jogador de meio tempo ?

Contratado no mês de maio Mais precisamente no dia 22/05. O meia David Terans foi anunciado como o novo reforço do Athletico. O jogador pertencia ao…

Notícias|Opinião

Arquibancada

Quem me conhece há mais tempo já me ouviu dizer que “a arquibancada é que é o meu lugar”. Para além do sentido literal, do…