3 jun 2007 - 9h43

Manchetes atleticanas deste domingo

Rubro-Negro joga com a sorte e escapa da derrota
Depois de uma apresentação razoável contra o mediano time do xará mineiro, o Atlético – desfalcado do zagueiro Marcão, negociado com o Internacional, e do volante Ferreira, servindo à seleção colombiana – contou com a sorte ao ver o adversário desperdiçar um pênalti no último minuto e voltou de Belo Horizonte com um ponto na bagagem após o empate por 1 a 1, ontem, no Mineirão.

 

Atlético arranca empate no Mineirão
Após um começo de dar sono, o Furacão conseguiu se encontrar em campo e até teve chances de sair com uma vitória do Mineirão.
Entretanto, o empate de 1 a 1 teve sabor de vitória após o Atlético Mineiro ter desperdiçado um pênalti no último minuto de jogo. Com o resultado, o time paranaense mantém um tabu que já dura sete anos. A última derrota para o Galo, em Belo Horizonte, aconteceu na disputa da Copa Libertadores, em 2000.

 

Atléticos empatam no Mineirão
O Atlético-PR empatou com o Atlético-MG neste sábado, no Mineirão, por 1 a 1, pela terceira rodada do Brasileiro. Marcos fez o gol dos mineiros, enquanto Alex Mineiro marcou para os paranaenses.

 

Galo empata com o Furacão no Mineirão
Em dois tempos muito distintos, Atlético-MG e Atlético-PR fizeram um jogo inusitado neste sábado, no Mineirão. O empate por 1 a 1 mostrou bem o que foi o jogo. O Galo começou mal o primeiro tempo e não conseguia romper a forte marcação do adversário.

 

Furacão é valente e empata partida
Em um jogo em que a emoção só entrou em campo nos últimos minutos, Atlético-MG e Atlético-PR empataram em 1 x 1, ontem, no Mineirão, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O capitão Marcos anotou o gol dos donos da casa e Alex Mineiro igualou o marcador. O Alvinegro poderia ter mudado a história do jogo aos 46 minutos da segunda etapa, mas Coelho desperdiçou pênalti sofrido por Tchô.

 


Últimas Notícias

Opinião|Sul-Americana

Libera a torcida!

Uma noite histórica em um jogo com um cardápio recheado de garra, luta, determinação, superação, entrega, guerra, -TIME DE GUERRA – sim não faltam adjetivos…