5 jun 2007 - 21h22

Fleury espera retribuição dos torcedores

O presidente do Conselho Gestor, João Augusto Fleury da Rocha, comemorou o acerto com o jogador Alex Mineiro, nesta terça-feira. Depois de receber propostas do Palmeiras e do Santos, o atacante optou por ficar no Furacão até o final do ano. "É um dia muito alegre. Estabelecemos mais um marco na nossa administração ao confirmarmos a presença do Alex Mineiro até o final do ano. Isso demonstra que o Atlético rivaliza-se com adversários de altíssimo nível de Rio e São Paulo, que fizeram propostas elevadíssimas, o que exigiu de nós um esforço enorme. Conseguimos convencer o jogador de que o melhor para sua carreira seria permanecer no Atlético Paranaense. Haverá uma evolução na sua maneira de ser, no seu desempenho. Sabemos a responsabilidade que representa um investimento desta ordem", comentou Fleury em entrevista ao vivo à Rádio Banda B (AM 550), na noite desta terça.

O dirigente não quis revelar qual foi a proposta atleticana para Alex. "Não podemos divulgar os valores porque o contrato está revestido de clausula de confidencialidade. Lamentavelmente não podemos informar valores, o que seria interessante até para que o torcedor tenha noção dos valores que giram no futebol brasileiro. Muitas vezes os torcedores cobram, mas não sabem como é difícil cobrir os custos de um time de futebol", observou Fleury. Ele reconheceu que a permanência do atleta representa um ganho importante no aspecto futebolístico: "Nós precisávamos mantê-lo nesse elenco atáe porque é um elenco muito jovem, são jovens jogadores que ficam suscetíveis de sofrer uma instabilidade emocional".

Ao mesmo tempo, o presidente fez questão de cobrar uma participação mais ativa dos torcedores, aliando-se à diretoria no projeto de gestão do clube. "Nós investimos no nosso jogador, que é nosso ídolo, para que a torcida tenha oportunidade de dividir conosco esta responsabilidade. Quando eu digo isso é desfrutar conosco a alegria de ter um jogador como o Alex Mineiro e, acima de tudo, incentivando-o nos jogos", pediu.

João Augusto Fleury da Rocha deixou claro que este momento é oportuno para um engajamento maior da torcida: "O retorno que nós gostaríamos de ver dos torcedores do Atlético Paranaense é maior empenho. Queremos que o torcedor vá a campo, incentive o Alex Mineiro. A parte da diretoria nós estamos fazendo. Com sacrifício, é verdade, mas também com os pés no chão. O clube assumiu compromissos financeiros e ira resgatar. Mas gostaríamos de contar com o apoio de toda a comunidade atleticana nesta empreitada. Cada um dos torcedores poderá contribuir para que o Atlético se torne cada vez mais forte. Esta colaboração é uma maneira de dar retorno às nossas aspirações".



Últimas Notícias