10 jun 2007 - 18h49

Alex e Guilherme foram poupados das críticas

Após a segunda derrota consecutiva do Atlético em casa no Campeonato Brasileiro, a torcida atleticana perdeu definitivamente a paciência com o time em campo. Ainda no primeiro tempo, logo após o primeiro gol do Goiás na partida, o primeiro alvo da torcida foi detectado: o volante Alan Bahia, que foi bastante vaiado por parte dos torcedores presentes no jogo. Aos 23 minutos, Alan errou um passe no meio de campo e permitiu o contra-ataque do time visitante, que resultou no primeiro gol do Goiás na partida.

O segundo alvo foi o meia Evandro, que não vem apresentando um bom futebol com a camisa Rubro-negra nesta temporada. Coincidentemente, os dois jogadores foram substituídos por Vadão no intervalo do jogo, quando o Furacão já perdia por 2 a 0.

Mas nem as entradas de Thiago e Netinho resolveram a apatia e o mau futebol apresentado pelo Furacão no jogo. Vendo um Atlético sem poder de reação na partida, os torcedores passaram a vaiar constantemente o time em campo. Os gritos de “Raça” e o coro de “queremos jogador” muitas vezes foram substituídos por gritos de “olé”, quando o time do Goiás tocava a bola. E foi com esse som de fundo que aos 43 minutos do 2º tempo Felipe fechou o placar para o time goiano.

Aplausos apenas para Alex e Guilherme

Em meio aos protestos e vaias ao time em campo, a torcida atleticana excluiu de sua revolta dois jogadores do time: o goleiro Guilherme e o atacante Alex Mineiro. Enquanto vaiava e exigia da diretoria a contratação de reforços, chamando muitos dos atletas em campo de “mercenários”, o torcedor gritou em coro os nomes dos dois jogadores.



Últimas Notícias

Notícias

Raio X: Penarol

Retrospecto, Nikão e bola na rede. Essas são as apostas do Furacão para garantir vaga na final da Sulamericana 2021. O Athletico é o único…