13 jun 2007 - 18h54

Torcidas apóiam campanha de doação de sangue

Fonte: Agência Estadual de Notícias

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar) e as torcidas organizadas dos principais times de futebol de Curitiba, Império Alviverde (Coritiba), Os Fanáticos (Atlético) e Fúria Independente (Paraná Clube) homenageiam nesta quinta-feira (14) o Dia Mundial do Doador Voluntário de Sangue. O tema desta parceria é “Marque o gol da vida, doe sangue pela sua torcida” e tem como objetivo conscientizar os torcedores e a população em geral para a importância da doação de sangue.

Esse encontro entre integrantes de torcidas faz parte da proposta do Ministério da Saúde para o ano de 2007 que é de incentivar os serviços de hemoterapia públicos a promover ações de valorização ao doador voluntário de sangue e permitir o esclarecimento sobre as condições básicas de doação.

O secretário de Saúde, Cláudio Xavier, explica que estas parcerias mobilizam muitas pessoas e cria um sentimento solidário de ajuda a quem precisa. “Movimentos como este são importantes para suprir a necessidade de sangue. Diariamente os hospitais necessitam utilizar sangue em cirurgias e transfusões e as doações voluntárias permitem a continuação desse trabalho”.

Para suprir a necessidade dos hospitais conveniados ao Hemepar são necessários 150 doadores por dia. Nesta época do ano, devido às baixas temperaturas onde muitas pessoas ficam gripadas e impedidas de doar, as doações caem aproximadamente 30%. “Temos que contar com a colaboração das pessoas, pois o sangue é um componente que não pode ser produzido em laboratório e diariamente muitas pessoas necessitam dele para sobreviver”, conta o diretor do Hemepar, José Lucio dos Santos.

Segundo dados do Ministério da Saúde, somente 2% da população brasileira é doadora de sangue, enquanto a Organização Mundial de Saúde recomenda que entre 3% e 5% deveriam ser doadoras. Das doações realizadas, apenas 25% são espontâneas e habituais.

De acordo com o presidente da torcida organizada Império Alviverde, Luiz Fernando Correa, esse evento é para chamar a atenção da população, torcedores e jogadores para a doação de sangue. “A pretensão é divulgar o dia internacional do doador e utilizar a mídia para convocar doadores”, explica. Correa conta ainda que a intenção é fazer a divulgação nos sites das torcidas também. Juntas elas possuem mais de 150 mil acessos.

O secretário geral da torcida organizada Os Fanáticos, Cristiano Roche, chama a atenção para um fator importante. Segundo ele, as pessoas só fazem a doação quando alguém amigo ou parente está necessitando. “A maioria das pessoas não tem conhecimento da importância da doação até que alguém próximo esteja precisando. A doação de sangue tem que ser voluntária, pois muitas pessoas necessitam de sangue todos os dias”, disse.

O vice-presidente da torcida Fúria Independente, João Luiz de Carvalho, conta que a torcida está à disposição para eventos como esse mostrando que é importante o engajamento social da população. “A participação de todos é importante para que consigamos fazer uma corrente positiva para a campanha. Sempre existe alguém precisando de sangue”.

Doações

De acordo com o Hemepar, os doadores devem seguir algumas orientações.

• Devem ter entre 18 e 65 anos.
• Estar em boas condições de saúde.
• Vir alimentado, evitando alimentação pesada.
• Homens podem doar a cada 60 dias, mulheres a cada 90 dias.
• Apresentar documento oficial de identificação com foto.

A rede possui 24 unidades localizadas estrategicamente em todo Estado. O Hemocentro coordenador, em Curitiba, três regionais em Londrina Maringá e Cascavel, seis hemonúcleos em Guarapuava, Francisco Beltrão, Paranavaí, Apucarana, Campo Mourão e Foz do Iguaçu, além de 14 unidades de coleta e transfusão, em Paranaguá, Ponta Grossa, Irati, Telêmaco Borba, União da Vitória, Palmas, Pato Branco, Goioerê, Cornélio Procópio, Jacarezinho, Toledo, Ivaiporã, Cianorte e Umuarama.

O Hemepar fica na Travessa João Prosdócimo, 145 – Alto da XV. Disque Sangue: 3262-7676 ou 0800.6454555.



Últimas Notícias