O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
14 jun 2007 - 10h39

Sócio furacão: evolução da torcida ou do clube?

Li diversas matérias sobre o plano sócio furacão, a maioria delas reclamando do atendimento, do serviço, do descompromisso com o cliente, e principalmente dos preços.

Ápós reflexão, e discussão, cheguei a duas conclusões:

A primeira se dá a um problema crônico existente no Brasil em qualquer setor econômico quando dada a relação de consumo: o atendimento pós-venda. o fornecedor de produtos e serviços é acostumados a relaxar após receber o pagamento, ou fechar o negócio, e não se vê na obrigação de garantir mais nada ao consumidor.

O atendimento prestado ao sócio na arena da baixada é lamentável e toalmente superficial. Não há preocupação em garantir a satisfação do consumidor, não há empenho em melhorar. Se os ingressos não chegarem, ainda tem a coragem de dizer, de algum modo,que a culpa é nossa.

E a segunda conclusão se dá logo depois da primeira….logo após eu escrever um monte de baboseiras sobre relações de consumo percebi que não estava mais tão preocupado com torcer e gritar e pular, como sempre fiz…e sim com os serviços oferecidos pelo meu clube do coração. Estava mais exigente com o clube, com serviços e com o time e deixei de torcer. Afinal os preços exorbitantes tendem a fazer isso com o torcedor.

Mas peraí? não era isso que a diretoria queria? que eu consumisse o atlético?

Fica visível que o torcedor fez seu papel frente a diretoria e está bancando e consumindo o clube, seja sendo sócio, seja indo ao jogo, simplesmente. O problema é que o clube não evoluiu tanto assim….nos preparou pra uma coisa que não cumpre, não atende bem o sócio torcedor, não atende bem os estudantes, não faz seu papel de fornecedor. Houve uma inversão de valores. O torcedor está evoluído, o clube não.

O clube, aparentemente, e, gradativamente, está se dando conta desta crise. Está fazendo esforços, finalmente. Renovou com nosso ídolo, demitiu o falso técnico, e prometeu reforços.

Veremos se finalmente a diretoria terá como prioridade ganhar títulos ao invés de ganhar torcedores…



Últimas Notícias

Libertadores

Vamos, oh meu Furacão

Os pouco mais de 1.800 km que separam Curitiba de La Plata começaram a ser enfrentados por centenas de atleticanos desde o último fim de…