17 jun 2007 - 18h51

Atlético ficou sem lateral-esquerda na etapa final

O Atlético jogou boa parte do segundo tempo do jogo deste domingo contra o Fluminense sem um lateral-esquerda de ofício. Edno começou o jogo como titular, mas foi sacado logo aos 12 minutos do segundo tempo. Em seu lugar, entrou o polivalente Nei. Contudo, ele não atuou pela esquerda. Foi orientado pelo técnico Antonio Lopes a jogar como meia, pelo lado direito do campo. A faixa esquerda do Rubro-Negro foi coberta por Evandro no sistema ofensivo e por João Leonardo na defesa.

Na entrevista coletiva, Lopes explicou a modificação. "O Fluminense estava muito forte pelo lado esquerdo, com o Cícero e o Thiago Neves. Então, o André (Rocha) estava sobrecarregado porque ele estava em cima do Carlos Alberto e o Alan (Bahia) estava sobrecarregado porque tinha de pegar o Thiago Neves. Então, a mexida foi em razão disso: colocar o Nei por aquele lado para tentar segurar as ações por lá. Depois, eu trouxe o Nei para o lado de cá considerando que o Carlinhos estava se desprendendo bem por ali", observou Lopes.

Nei não entrou bem na partida e não conseguiu criar as chances ofensivas pelo lado direito nem reforçar a marcação. Além disso, o lado esquerdo do sistema defensivo ficou descoberto. Foi justamente por esse setor que o zagueiro Thiago Silva avançou e conseguiu chutar para marcar o gol de empate. Nei só passou a jogar como lateral-esquerda nos minutos finais da partida.



Últimas Notícias

Notícias

Jogador de meio tempo ?

Contratado no mês de maio Mais precisamente no dia 22/05. O meia David Terans foi anunciado como o novo reforço do Athletico. O jogador pertencia ao…

Notícias|Opinião

Arquibancada

Quem me conhece há mais tempo já me ouviu dizer que “a arquibancada é que é o meu lugar”. Para além do sentido literal, do…