17 jun 2007 - 19h14

Confira a avaliação de Antonio Lopes na coletiva

O técnico Antonio Lopes concedeu entrevista coletiva depois do empate do Atlético com o Fluminense por 1 a 1 na tarde deste domingo na Kyocera Arena. Confira a avaliação do treinador sobre o desempenho do time neste primeiro jogo sob seu comando:

PRIMEIRO TEMPO
"O Atlético teve uma atuação muito boa no primeiro tempo. Fez um gol e criou chances líquidas de gols. O Berna tirou de cima da linha, com a canela e tivemos pelo menos mais umas três boas chances para ampliar o marcador no primeiro tempo. O sistema defensivo também se comportou bem no primeiro tempo, conseguimos conter o Fluminense. Os nossos defensores se portaram bem, o Danilo marcando bem o (Adriano) Magrão, o André Rocha marcando o Cícero, o João marcou bem o Alex Dias, o Erandir fez um trabalho perfeito de sobra. O Fluminense não criou nenhuma chance."

SEGUNDO TEMPO
"O segundo tempo nós perdemos muito com a saída do Tiago. Ele estava fazendo uma grande partida, infernizando a defesa do Fluminense. Ele se associou ao Edno pela esquerda e os dois criaram boas jogadas ali. O decréscimo de produção da nossa equipe no segundo tempo foi em razão da saída do Tiago. Colocamos o Evandro, que entrou relativamente bem, mas não tão bem quando estava o Tiago, então o time caiu em criatividade. O Fluminense teve mais volume de jogo, o Renato fez boas mudanças e o time ficou com um bom meio-campo. No segundo tempo, mercê desse meio-campo bem posicionado, o Fluminense teve um volume de jogo maior do que a gente, mas não criou nada. Não lembro de o Guilherme ter feito defesa nenhuma. Eles deram sorte na progressão do Thiago (Silva), que chutou e fez o gol. Nós não criamos nada no segundo tempo em termos de situações de gols, mas pelo que fizemos no primeiro tempo acho que merecíamos ter ganho o jogo."

SAÍDA DE NEI DO TIME TITULAR
"Pelo que eu observei nos jogos do Atlético e por causa dos treinamentos. Por isso nós fizemos essa alteração. Ele entrou no segundo tempo justamente porque o Fluminense estava muito forte pelo lado esquerdo, com o Cícero e o Thiago Neves. Então, o André estava sobrecarregado porque ele estava em cima do Carlos Alberto e o Alan estava sobrecarregado porque tinha de pegar o Thiago Neves. Então, a mexida foi em razão disso. Colocar o Nei por aquele lado para tentar segurar as ações por lá. Depois, eu trouxe o Nei para o lado de cá considerando que o Carlinhos estava se desprendendo bem por ali."

MARCAÇÃO INDIVIDUAL
"O Alan fez um bom trabalho em cima do Carlos Alberto, mas depois tomou um cartão amarelo e ficou perigoso. Eu estava sentindo que ele poderia ser expulso, daí eu troquei a marcação. Passei a fazer a marcação no Thiago Neves com o Alan e coloquei o André para pegar o Carlos Alberto."

TRÊS ATACANTES
"Chamei o Pedro Oldoni aos 36 minutos. Era para tentar obter o segundo gol. Queria mais jogadas aéreas para o Pedro Oldoni a fim de que a gente pudesse consignar nosso segundo gol. Fiquei com três volantes, mas volantes que sabem sair. O André é bem qualificado na saída de bola. Ele estava exausto, mas estava saindo bem. A entrada do Pedro para ficar com três atacantes foi em razão disso. Coloquei o Alex Mineiro pelo lado direito."

POR QUE O TIME NÃO VENCEU
"Faltou aproveitar as chances mais cristalinas que tivemos mais no primeiro tempo do que no segundo. E talvez a saída do Tiago. O Tiago estava muito bem na partida. Foi uma surpresa até para mim, eu não esperava tanto dele. Se ele tivesse permanecido, talvez a gente pudesse ter criado mais chances no segundo tempo."

ESTRATÉGIA
"Eu queria jogar em cima do setor direito do Fluminense. Aquilo que eu observei era a melhor maneira de a gente entrar. Como a gente estava com três zagueiros, eu coloquei o Edno por aquele lado. Ele treinou bem a semana toda, fez muitos gols nos treinos. Por isso, essa formação foi para tirar partido desse lado do Fluminense com o Edno e o Tiago explorando por ali. Depois, o Evandro tinha obrigação de encostar pelo lado esquerdo para ver se a gente criava mais chances."

FUTURO
"A gente vai dar seqüência neste trabalho. A gente tem carências. Não adianta eu falar publicamente. A gente vai procurar no grupo jogadores que eu possa colocar no time e suprir essas carências, esse problema de parte tática e até de parte tática, que precisamos melhorar."



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vale vaga na final

Depois do empate em dois gols entre Athletico e Flamengo pela partida de ida das semifinais da Copa do Brasil 2021, as equipes tiveram resultados…

Brasileiro

Cuidado!

  Foco na competição: No Brasileirão o Athletico ainda tem 11 jogos para disputar, o equivalente 33 pontos. Seis jogos em casa, cinco jogos fora.…