17 jun 2007 - 22h59

Holzmann confirma planos de sócios mais baratos

O diretor de marketing do Atlético, Mauro Holzmann, participou neste domingo à noite do programa Esporte Show 21, apresentado por Moura Júnior e Alphonse Voigt no Canal 21. Dentre outros assuntos, Mauro falou sobre o projeto de conclusão da Kyocera Arena, a criação de modalidades de sócios mais baratas, de modo a permitir a inclusão social, e do planejamento de gestão do Furacão. Confira as principais declarações do dirigente rubro-negro:

PLANOS DE SÓCIOS MAIS BARATOS
"Estamos terminando os estudos. Isso envolve uma série de questões. Estamos terminando o cadastramento. Como você vai dizer que alguém precisa ter um preço especial e outro não? É que nem carteirinha de estudante. Quem usa carteirinha de estudante é filhinho de papai que estuda na PUC para ir a show do U2. Então, você precisa de uma série de critérios, de logística, de pontos de venda. Isso vai vir com certeza, ainda este ano."

COMPROMISSO
"Não existe no Brasil o compromisso do torcedor com o seu clube."

PLANEJAMENTO
"O Atlético tem uma política de um plano estratégico, traçado em 1995, e este plano está sendo seguido. A primeira coisa era tentar recuperar o tempo perdido. O Atlético precisa se estruturar. Não adianta nada você investir em futebol se não tiver estrutura. Você veja onde estão times como São Caetano hoje em dia. Qual foi o time no Brasil que ganhou o que o Atlético ganhou se estruturando patrimonialmente?"

REFORÇOS
"A torcida quer, mas a torcida precisa participar. Querer eu também quero."

INVESTIMENTO EM FUTEBOL
"O projeto do Atlético não está pronto. A hora que estiver pronto você só vai investir em futebol. Nós pensamos assim. A diretoria do Atlético pensa que é preciso terminar a infra antes de investir em futebol."

MARCA
"Se você não se preocupar em fazer algo diferente em relação à concorrência, não é possível. Nós nunca vamos ter uma marca do tamanho de Flamengo e Corinthians. Tempo não se acumula. Eles estão há cem anos aí. Qual o caminho o Atlético escolheu? Foi ter uma infra-estrutura diferenciada."

RECONHECIMENTO
"O torcedor atleticano precisa entender um pouco mais a grandeza do projeto do Atlético Paranaense. Tem de cobrar, a torcida tem esse direito, mas calma. O Atlético saiu de uma situação dificílima e conquistou coisas importantes."

ORGULHO
"A torcida tem de se orgulhar do que o Atlético se transformou. A gente está vendo uma série de absurdos, de ofensas pessoais ao Petraglia. A maior prova do trabalho dele é o que está lá. O Atlético não tinha nada em 1995. Hoje o Atlético tem um grande patrimônio, todo quitado. Esse dinheiro todo que circulou no Atlético esses anos todos, além de servir para tocar o clube, foi revertido para esse patrimônio. E quem é dono desse patrimônio? A torcida do Atlético Paranaense."



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vale vaga na final

Depois do empate em dois gols entre Athletico e Flamengo pela partida de ida das semifinais da Copa do Brasil 2021, as equipes tiveram resultados…

Brasileiro

Cuidado!

  Foco na competição: No Brasileirão o Athletico ainda tem 11 jogos para disputar, o equivalente 33 pontos. Seis jogos em casa, cinco jogos fora.…