21 jun 2007 - 7h59

Manchetes atleticanas desta quinta-feira

“Primeira-dama” reforça Atlético da família Lopes
São 39 anos de casamento, companheirismo, torcida e viagens. Dona Elza Lopes se habituou a viver em dois lares e a rota Rio–Curitiba é como uma ponte aérea. Pela quinta vez, ela adota a capital paranaense como segundo lar graças ao trabalho do marido Antônio Lopes.

 

Antônio Lopes começa a escolher um meia
A posição de meia-armador é uma das mais carentes no Atlético e isso tem sido visível nas últimas apresentações do time no Brasileirão. No jogo passado, por exemplo, o responsável por dar mobilidade e ligar o meio-campo ao ataque foi Tiago que, dentro de suas características, saiu-se bem.

 

Lopes faz “vestibular“ para mais 21 jogadores
Desde que chegou ao clube, o treinador iniciou uma avaliação geral do elenco, formado por cerca de 40 atletas. Até a próxima quarta-feira, ele terminará a análise e definirá os 30 escolhidos, que ficarão treinando no grupo principal. Os outros dez trabalharão em separado ou serão negociados com outros clubes.

 

André Rocha vibra com chegada de Lopes
Um dos jogadores que mais vibraram com a chegada do técnico Antônio Lopes ao Atlético-PR foi o jogador André Rocha. Lateral-direito de origem, passou a atuar como volante por indicação do treinador, quando comandava o rubro-negro em 2005. Esquecido pelo ex-técnico do Furacão Vadão, o jogador já foi titular da equipe na primeira partida de Lopes, contra o Fluminense, na última rodada.

 

Erandir deve desfalcar o furacão
O motivo da viagem é a morte do avô do jogador. Erandir pode ser liberado para passar alguns dias ao lado dos familiares e, desta forma, não participaria do próximo compromisso do Atlético no do Campeonato Brasileiro.

 


Últimas Notícias

Notícias

Raio X: Penarol

Retrospecto, Nikão e bola na rede. Essas são as apostas do Furacão para garantir vaga na final da Sulamericana 2021. O Athletico é o único…