O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
15 jul 2007 - 17h12

E se todos estiverem enganados?

Bom, eu sinceramente não vejo tanta falta de qualidade em nosso time, não o quanto alguns torcedores vêem. Vejo um time sem alma, sem espírito de luta, sem vontade de vencer. O exemplo se encontra em jogadores que já foram muito elogiados por nós mesmos. Alan Bahia é um desses que ultimamente apenas caminha ao segundo tempo das partidas. (Lembro que já aplaudimos muito este jogador)

Cada vez mais percebo que falta coletividade no time, ninguém se apresenta para jogar, ninguém abre na direita como, freneticamente pede o delegado. O que falta a nosso time é espírito, união e desejo de vencer. Eis que isso se foi e vai se apagar se não apoiarmos. Temos jogadores de baixa qualidade, indiscutível que Erandir não é bom jogador. Mas o que vai adiantar vaiá-lo se não existe outro jogador para aquela posição, estão todos no departamento médico e é isso que Lopes quis dizer quando falou, “Não dá para fazer milagre”, é por não ter jogadores e ter que improvisar e não pelo fato de o time ser ruim. (Lembro desta vez, que Erandir nem no banco de reservas de Lopes ficou quando Valencia foi titular)

Vejo alguns dizerem que nosso time é para jogar a segunda divisão, que o time é de consumidores e não torcedores. Que o produto o qual o clube vende não é bom, isto eu concordo plenamente, podia ser muito melhor pelo preço cobrado, começando pelo time. Mas poucos times têm grandes elencos, isso se houver algum. É não é sempre que se monta um time como o de 2004.

Se eu depender de meu time estar super bem, ganhando todas as partidas e enchendo os meus olhos para ir aos jogos e apoiar, aí sim estou me tornando um consumidor, estou pagando pela qualidade do produto. Se nós queremos fazer o papel de atleticanos, vamos antes de tudo por nosso time para cima, ou ao menos não vamos interferir. Vejo “torcedores” tentando organizar movimentos contrários, justo em um momento em que precisamos reavivá-lo.

Será que vamos perceber isso quando estivermos com a corda no pescoço. Se você é contra a diretoria proteste, mas não atrapalhe o time. Como fará isso, arranje uma maneira que não influencie o time negativamente dentro de campo.

Não estou chamando os torcedores de carrascos, nem mesmo os culpando 100% pelas derrotas. O clube tem sua parcela de culpa ao vender pacotes e ingressos fora das condições da maioria e o time não dar a resposta que esperamos. Mas se apoiássemos o trabalho de MC Petraglia, tenho certeza que teríamos um canal a mais para discutirmos.

O povo conseguirá o que deseja, a partir do momento em que tivermos voz para discutir, interagir e reclamar de alguma coisa. Ou todos aqui, julgadores do time, do técnico, dos preços, da diretoria, teriam alguma coisa a mais para dar ao clube além de torcer, incentivar e fazer o caldeirão voltar a ferver.

Ao invés de fazer manifestações ridículas, textos contra o clube, contra a diretoria, falar o quão ruim é cicrano, ou beltrano, devíamos entrar no estádio, aplaudir o time e incentivar e procurar maneiras passivas de demonstrar a indignação que estamos sentindo.

Somos uma sociedade organizada, temos tudo para elevar o nome do nosso time, nós torcedores somos quem transforma o caldeirão no que ele é, ou foi. Somo em grande número e podemos fazer o que quisermos com esse poder, podemos derrubar o nosso time ou podemos ter diálogo, este sempre foi o meio que mais deu resultado. Vamos torcer, vamos incentivar, o nosso caldeirão está morrendo, pois ao invés de gritos, temos vaias, ao invés de canto temos xingamentos e ao invés de gritos de Alex Mineiro temos o de Fora Petraglia.

Eu quero o caldeirão de volta, não quero apenas time. Já vi times darem a volta por cima sem fazerem contratações e aposto que com o meu time, isso irá acontecer, tenha quaisquer jogadores em campo. Este mesmo time tão criticado vai subir e alcançar o que sempre desejamos. Eu aposto nisso, e não vou deixar de apoiá-lo para realizar protestos “não inteligentes”. E se todos estiverem enganados, quero vê-los engolindo a língua como já aconteceu em 2005. Só resta esperar até esse dia chegar.



Últimas Notícias

Libertadores

Vamos, oh meu Furacão

Os pouco mais de 1.800 km que separam Curitiba de La Plata começaram a ser enfrentados por centenas de atleticanos desde o último fim de…