21 jul 2007 - 20h05

Atlético ressuscita mais um

Jogando com o uniforme totalmente preto, e promovendo a estréia do volante Claiton, o Atlético foi derrotado pelo América em Natal pelo placar de 2 a 1 e volta ficar próximo da zona de rebaixamento.

Nos primeiros dois minutos de jogo, o Atlético até chegou a empolgar, partindo pra cima e dando mostras que jogaria para vencer. Porém, o que se viu, foi uma equipe sem criatividade e totalmente apática em campo.Tanto é, que o único chute a gol da equipe atleticana na primeira etapa, ocorreu por volta dos 23 minutos de jogo. Aliás, com um chute que sequer ameaçou a meta do goleiro do time potiguar.

O América, que ainda não havia vencido em seus domínios e tentava se livrar da lanterna da competição, também não jogava bem, mas quando teve a oportunidade de marcar, aproveitou com Paulo Isidoro, logo aos 11 minutos de jogo, em cobrança de falta com falha do goleiro Guilherme. Buscando o jogo, a equipe potiguar foi pra cima e aumentou com Reinaldo, aos 28 minutos de jogo, que livre completou cruzamento da linha de fundo e empurrou para a meta do goleiro rubro-negro, em mais uma falha de marcação dessa vez do estreante Claiton.

O primeiro tempo foi nulo para a equipe atleticana, Ferreira, com pouco destaque, foi o único que tentou algo, mas sem sucesso, já que o meio de campo atleticano estava povoado de marcadores e faltava criatividade.

Na segunda etapa, o técnico Antonio Lopes desfez o meio de campo com três volantes, promovendo a entrada de Evandro no lugar de João Leonardo e do atacante Marcelo no lugar de Dinei, que vinha mal na partida.

A partir daí, o jogo que até então era apenas de uma equipe, ficou igual e o time atleticano bem que tentou, criando algumas oportunidades logo no início, mas que paravam nas mãos do goleiro americano. Até que Alex Mineiro, que não vinha bem na partida, aproveitou lance dentro da pequena área, e aos 22 minutos da etapa complementar, marcou seu oitavo gol no brasileirão, isolando-se na segunda colocação da artilharia.

Apesar das tentativas, o Furacão não conseguiu reverter o resultado, e dessa forma sai de campo com mais três pontos perdidos. Mostrando que a equipe é fraca e que são necessários alguns reforços para que se possa almejar uma melhor colocação ao final da competição.

A derrota deixa o Atlético próximo a zona de rebaixamento, e o treinador Antonio Lopes terá muito trabalho para motivar este grupo a conquistar uma vitória contra a equipe do Cruzeiro na próxima quarta-feira, na Kyocera Arena.

%ficha=578%



Últimas Notícias