26 jul 2007 - 8h23

Manchetes atleticanas desta quinta-feira

Atlético vacila nos acréscimos
Um golpe tão amargo quanto justo definiu o jogo de ontem na Arena. O gol do Cruzeiro, aos 48 minutos do segundo tempo, tirou do Atlético a vitória em casa – mas ajustou uma distorção no placar. Sufocado pelo time mineiro, o Rubro-Negro não soube valorizar a sorte de estar na frente por duas vezes e ficou no empate por 2 a 2.

 

Atlético empata com o Cruzeiro e torcida fica revoltada
O Atlético foi dominado pelo adversário e mais uma vez decepcionou o seu torcedor, que saiu revoltado da Arena. Apresentando um futebol sem padrão tático e rifando demais a bola, o Furacão achou o empate em 2 a 2 contra o Cruzeiro, na noite de ontem. Outra vez, a equipe saiu vaiada e o time cabisbaixo.

 

Atlético com mais sorte que juízo
Time joga mal e é vaiado pela torcida na Baixada, mas consegue empate com o Cruzeiro.

 

Cruzeiro arranca o empate com o Furacão
Em um jogo muito disputado na Kyocera Arena, o Atlético-PR empatou com o Cruzeiro em 2 a 2, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Furacão vencia a partida por 2 a 1 até os 48 minutos do segundo tempo, quando Nenê empatou a partida para a Raposa.

 

FURACÃO NÃO AGÜENTA A PRESSÃO
Em uma partida disputada sob intenso frio, em Curitiba, o Atlético e Cruzeiro empataram por 2 a 2, ontem, pela 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os mineiros perdiam o jogo até aos 48 minutos da segunda etapa, quando Nenê fez o gol de empate. Com o resultado, o Furacão termina a rodada com 17 pontos, provisoriamente, na 14.ª posição. O Cruzeiro, com 20 pontos, ocupa a sétima.

 


Últimas Notícias