27 jul 2007 - 15h20

Atlético surpreende e anuncia a volta de Ramon

Por essa ninguém esperava: Ramon é o novo reforço do Atlético. Não precisa confirmar a data desta notícia, leitor atleticano. A informação é mesmo desta sexta-feira, 27 de julho, e não do início deste ano. O meia, que havia sido liberado no início do ano por não ter conseguido achar um lugar para morar em Curitiba, está de volta ao CT do Caju. A informação foi divulgada pelo site oficial do Atlético na tarde desta sexta-feira.

A história de Ramon com o Atlético começou em janeiro deste ano, quando surgiram os primeiros boatos de que o clube estava interessado na sua contratação. O veterano meio-campista não havia renovado seu contrato com o Vasco e estava livre para acertar com outra equipe. O Atlético agiu rápido e oficializou sua contratação no dia 8 de janeiro.

Ramon chegou a Curitiba e participou da pré-temporada do Rubro-Negro. Nos primeiros treinos, foi escalado como titular pelo técnico Vadão. Quem teve a oportunidade de acompanhar os treinos naquela época afirmou que o jogador havia "consertado" o meio-campo atleticano e o time estava bem encaixado. No final do mês, ele concedeu as primeiras entrevistas como jogador do Atlético, demonstrando entusiasmo e pretensão de conquistar títulos.

Sem ter onde morar

A primeira surpresa da passagem de Ramon pelo Atlético ocorreu no dia 31 de janeiro. Às vésperas da estréia do time titular na temporada de 2007, o diretor desportivo Marcos Moura Teixeira anunciou o desligamento do meia. Nota oficial divulgada pelo clube esclareceu que "após acordar todos os itens de salários e cláusulas contratuais, o atleta não chegou a um acordo com o clube sobre a situação de sua moradia na cidade de Curitiba".

O clube informou que tentou de todas as maneiras resolver a situação, inclusive elevando o valor destinado a moradia oferecido aos atletas. "Ramon não aceitou nenhuma das propostas feitas pelo Atlético Paranaense, mesmo após várias conversas, reuniões e tentativas do clube. Desta forma, o contrato de prestação de serviços entre Ramon e o Clube Atlético Paranaense está sendo rescindido de forma amigável e de comum acordo", afirmou o clube, esclarecendo ainda que a permanência de um jogador insatisfeito não era de interesse do Atlético.

Diante disso, Ramon teve seu contrato rescindido e foi liberado. O então técnico Vadão anunciou que Cristian seria o substituto do meia no time titular. Em função das más atuações, o volante acabaria perdendo a posição para Evandro. O fato é que, passados quase seis meses da saída de Ramon, o Atlético ainda não encontrou um meia-armador para atuar ao lado de Ferreira.

A volta

Ramon recebeu proposta da Ponte Preta, mas acabou acertando sua ida para o Al Gharafa, do Qatar. Diante dos pedidos de reforços para a equipe titular, a diretoria voltou a cogitar a contratação de Ramon, que foi treinado por Antonio Lopes no Vasco da Gama e conta com admiração do técnico. "O Lopes eu respeito muito e foi o treinador que eu me dei melhor, será bom trabalhar com ele novamente, estou super satisfeito", afirmou o jogador.

Ramon foi procurado pelo presidente do Conselho Deliberativo, Mario Celso Petraglia, e acertou seu retorno ao clube – pelo qual ainda não teve a oportunidade de disputar sequer uma partida oficial. "Estou muito satisfeito. Tive uma conversa ótima com o Petraglia e ele me passou tranqüilidade. O acerto foi tranqüilo, foi bom", afirmou.

Clique aqui para conferir a ficha técnica de Ramon.



Últimas Notícias

Opinião|Sul-Americana

Libera a torcida!

Uma noite histórica em um jogo com um cardápio recheado de garra, luta, determinação, superação, entrega, guerra, -TIME DE GUERRA – sim não faltam adjetivos…