29 jul 2007 - 18h41

Com fratura no nariz e maxilar, Alex fará cirurgia

Vítima da violência do volante Tcheco, do Grêmio, no jogo desse sábado, no estádio Olímpico, em Porto Alegre, o atacante Alex Mineiro deverá ficar pelo menos dois meses afastado dos gramados de futebol, devido a uma fratura no nariz e no maxilar. De acordo com informações do site oficial do Atlético, o jogador retorna a Curitiba ainda neste domingo numa UTI Móvel e será imediatamente encaminhado a um hospital para uma nova bateria de exames e uma cirurgia. A estimativa dos médicos é de que o período de recuperação seja de pelo menos 60 dias.

Alex recebeu um chute no rosto do volante Tcheco quando tentava cabecear uma bola, aos 8 minutos de jogo. O jogador foi imediatamente encaminhado ao hospital Mãe de Deus, onde passou por uma série de exames. Neste domingo, quando chegar em Curitiba, Alex passará por outra bateria de exames antes da intervenção cirúrgica.

Evandro fez cirurgia em Porto Alegre

O meia Evandro, que também foi vítima da violência dos gremistas durante a partida contra o clube gaúcho nesse sábado, submeteu-se a uma cirurgia ainda em Porto Alegre. O jogador recebeu uma covarde cotovelada do paraguaio Gavillán aos 31 minutos de jogo, tendo um dente arrancado com a força do choque e outros três quebrados.

Em nota divulgada neste domingo no site oficial do Atlético, o clube informa que o jogador foi submetido a uma cirurgia para repor o dente arrancado. Evandro continua internado no hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre, e deve retornar a Curitiba apenas na segunda-feira. Quando retornar, ele será avaliado pelo departamento médico do clube para saber qual será o tempo de recuperação fora dos gramados.

Confira as notas divulgadas no site oficial do Atlético sobre o estado de saúde dos dois jogadores:

Alex Mineiro retorna de UTI Móvel Aérea
Evandro volta segunda-feira de Porto Alegre



Últimas Notícias

Opinião|Sul-Americana

Libera a torcida!

Uma noite histórica em um jogo com um cardápio recheado de garra, luta, determinação, superação, entrega, guerra, -TIME DE GUERRA – sim não faltam adjetivos…